Tamanho do texto

Tenista Bia Maia foi campeã do Challenger de Ribeirão Preto ao vencer a sul-africana Natasha Fourouclas por 2 sets a 0

Bia Maia é uma das principais revelações do tênis brasileiro
Divulgação
Bia Maia é uma das principais revelações do tênis brasileiro
Com apenas 15 anos, Bia Maia, pupila do técnico Larri Passos, conquistou o segundo torneio profissional de sua carreira neste sábado. Na final do Challenger de Ribeirão Preto, com premiação de US$ 10 mil, a garota de 1,84m atropelou a sul-africana Natasha Fourouclas, três anos mais velha, com parciais de 6/0 e 6/1.

"Fiz o meu melhor jogo da semana. Meu saque ajudou muito, usei bem as paralelas e consegui jogar do primeiro ao último ponto muito sólida no fundo da quadra", declarou Bia, considerada uma das principais promessas do tênis nacional e aposta para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016.

Siga o blog do Paulo Cleto e fique por dentro do mundo do tênis

Atual 683ª colocada no ranking da WTA, ela deve saltar cerca de 70 posições com o título. Apesar do ganho de terreno expressivo, a maior preocupação da pupila de Larri Passos é aproveitar as primeiras experiências no circuito profissional para ganhar confiança nos eventos juvenis.

"Ganhei um título que vai me dar ainda mais confiança nos grandes torneios juniores que vou disputar pelo mundo. É mais uma bagagem que levo, porque o nível lá fora das juvenis é muito alto". comentou a dona da 18ª colocação no ranking mundial de 18 anos. Após um período de treinamento na academia de Larri Passos, Bia a deve participar do Sul-Americano de 16 anos na Venezuela e de mais um torneio profissional de US$ 25 mil em Brasília. Na sequência, segue para a temporada juvenil na Europa para jogar Bonfiglio, Astrid Bowl, Roland Garros, Offenbach, Halle e Wimbledon.