Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Clijsters treina, mas não assegura volta em Roland Garros

Com um calendário apertado no início da temporada, belga sofreu lesões no ombro direito e no pulso

AE |

Atual campeã do Aberto da Austrália e do Aberto dos EUA, Kim Clijsters voltou a treinar, mas ainda não tem presença garantida na disputa de Roland Garros. A tenista belga, que está afastada das quadras desde o começo de abril por conta de lesões no punho, ombro e tornozelo, disse que a primeira atividade foi concluída sem dores.

Clijsters já descartou participar de qualquer torneio antes de Roland Garros, que começa em 22 de maio. "Eu segurei uma raquete de tênis em minhas mãos pela primeira vez em cerca de cinco semanas. Foi bom", disse em seu site oficial nesta quinta-feira.

Com um calendário apertado no início da temporada, a belga sofreu lesões no ombro direito e no pulso. Ela também machucou o tornozelo direito ao usar salto alto no casamento de um primo. A primeira atividade na quadra "correu bem, sem dor ou preocupação. Mas eu não coloquei muita pressão no meu tornozelo", disse

A participação de Clijsters em Roland Garros continua indefinida. "Depende de muitos fatores: Qual é a reação dos primeiros dias de treinamento? E se aumentarmos a intensidade do treino?", disse.

Clijsters já desistiu de jogar o Torneio de Roma na próxima semana, mas, apesar do período prolongado de afastamento, continua em segundo lugar no ranking da WTA (Associação de Tênis Feminino), atrás da dinamarquesa Caroline Wozniacki. A tenista belga foi duas vezes vice-campeã de Roland Garros e não participou do Grand Slam francês em 2010 por conta de uma lesão.

Leia tudo sobre: WTAKim ClijstersRoland Garros

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG