Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Clijsters massacra Safina em duelo de ex-líderes na Austrália

Irreconhecível, russa perde por duplo 6/0 em apenas 44 minutos e deixa de forma melancólica primeiro Grand Slam da temporada

Pedro Taveira, iG São Paulo |

AFP
Clijsters foi simplesmente arrasadora em sua primeira partida no Aberto da Austrália
Kim Clijsters massacrou, literalmente, a russa Dinara Safina em sua estreia no Aberto da Austrália. Em partida de ex-líderes do ranking da WTA, a belga foi impecável e arrasou a rival por 2 sets a 0, com duplo 6/0, em apenas 44 minutos de jogo. Está é a primeira vez na história da Era Aberta que uma ex-número 1 do mundo perde por dois 'pneus'. Na segunda rodada, Clijsters irá encarar a espanhola Carla Suarez Navarro, tenista número 62 do mundo.

Para vencer, a belga foi soberana em todos os fundamentos. Teve aproveitamento de 79% de seu primeiro serviço e conquistou 87% dos pontos em lances gerados desta forma. Foram ainda 17 winners e 89% de aproveitamento nas subidas às redes.

Perdida em quadra, Safina, atual número 75 da WTA, abusou dos erros não-forçados (14) e do péssimo rendimento, em especial no seu segundo saque. Em pontos disputados após seu segundo serviço, a russa teve pífio aproveitamento de 8%.

"Eu espero sempre que minha oponente entre e jogue seu melhor tenis, mas, obviamente, ela não fez isso hoje", disse Clijsters sobre o resultado. A belga agora soma seis vitórias por duplo 6/0 em Grand Slams. "Minha atitude foi de tentar finalizar logo e não deixar que ela ganhasse confiança e entrasse na partida". À russa, coube somente admitir o fiasco: "Não havia nada que pudesse atingi-la. Foi vergonhoso".

Enquanto Safina, que foi líder do ranking durante 26 semanas em 2009, deixa o primeiro Grand Slam da temporada de forma melancólica - segue sem ter nenhum título nos quatro mais importantes torneios do tênis -, Clijsters, que foi número 1 por 19 semanas entre 2003 e 2006 e tem três Abertos dos EUA na carreira, sonha com a volta ao topo. Atual terceira colocada, a belga pode ultrapassar Caroline Wozniacki e Vera Zvonareva, primeira e segunda, respectivamente, se for campeã na Austrália.

AFP
Ex-líder do ranking, Dinara Safina está até agora tentando entender o que aconteceu em Melbourne

Stosus também humilha
Não foi apenas Kim Clijsters que foi perfeita em quadra nesta terça-feira. Quinta cabeça de chave do Aberto da Austrália, a anfitriã Samantha Stosur passou fácil pela norte-americana Lauren Davis por 2 sets a 0, com duplo 6/1, em 53 minutos de partida.

“Durante o aquecimento eu me senti muito confortável com as bolas que eu estava batendo”, afirmou a australiana. “Tive o pressentimento de que se eu acertasse bons golpes no começo do rali, poderia ditar o ritmo do jogo e fazer o que eu quisesse”.

Na próxima fase, Stosur terá pela frente a russa Vera Duchevina, que mandou para casa a italiana Maria Elena Camerin por 2 sets a 1, parciais de 6/3, 3/6 e 6/1. A adversária é a ocupa a 61ª posição do ranking da WTA.

Leia tudo sobre: clijsterssafinawtaaberto da australiastosur

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG