Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Caroline Wozniacki, em Melbourne: "Não tenho nada a provar aqui"

Tenista, que nunca venceu um Grand Slam, diz que "não se chega ao número um vencendo pequenos torneios"

Gazeta |

Caroline Wozniacki chegou ao topo do ranking da WTA sem ter vencido nenhum Grand Slam e se favoreceu da lesão de Serena Williams, que tirou a norte-americana de combate desde Wimbledon do ano passado. Cabeça de chave um no Aberto da Austrália, a dinamarquesa garante "não ter nada a provar" no torneio.

"Tive grandes resultados, você não chega ao número um vencendo pequenos torneios", disparou Wozniacki. "Não tenho que provar nada aqui". Em 2010, a tenista venceu seis dos 12 torneios que disputou. Assim como ela, Dinara Safina e Jelena Jankovic também chegaram ao topo sem vencer um dos quatro maiores torneios do circuito.

O início de 2011 não está sendo dos melhores para a dinamarquesa. Wozniacki perdeu exibições para Kim Clisjters, número três do mundo, e Vera Zvonareva, segunda colocada no ranking. Além disso, a tenista caiu na primeira rodada do WTA de Sydney diante Dominica Cibulkova nesta semana.

Apesar dos resultados pouco satisfatórios, a musa garantiu estar pronta para o Aberto da Austrália, que tem início nesta segunda. "Isso não me afetou. Tenho treinado muito, jogado sets e partidas. Estou me sentindo em perfeita forma e ansiosa pelas próximas duas semanas", concluiu.

Número um do mundo, Wozniacki terá uma estreia complicada no Grand Slam australiano. A dinamarquesa irá enfrentar a perigosa argentina Gisela Dulko, líder do ranking de duplas e 48ª na lista de simples.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG