Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Campeã em Roland Garros, Li exalta conquista sobre Schiavone

Número seis do ranking da WTA, tenista chinesa conquistou feito histórico ao faturar o tradicional título

Gazeta |

A chinesa Na Li fez história neste sábado, dia 4 de junho. Número seis do mundo, Li derrotou a italiana Francesca Schiavone e conquistou o troféu de Roland Garros, primeiro título de Grand Slam para a China no feminino. Radiante com o feito, a tenista calou as pessoas que não acreditavam em sua vitória no saibro francês.

"Antes deste torneio, as pessoas diziam que não conseguiria ir bem em quadras de saibro. Agora eu acho que elas irão mudar de ideia", afirmou a tenista, após a conquista do título do segundo Grand Slam do ano.

Na partida deste sábado, Li surpreendeu a campeã de 2010 em dois sets e exaltou a conquista em cima da forte Schiavone, que tem o saibro como sua melhor superfície.

"Francesca é uma jogadora de saibro. Ela bate topspins e slices tão bem. Então, eu só tentei jogar meu tênis e fazer com que ela corresse", explicou a chinesa, que elogiou a rival.

""Ela é uma jogadora muito boa, então você nunca sabe o que via acontecer e quando ela irá voltar à partida", acrescentou Li, que revelou estar bastante confiante no tie-break.

Quando fomos para o tie-break, eu disse para mim mesma que essa era a minha chance de fazer isso", finalizou a tenista, que entrou para a história do esporte na China.

Campeã em 2010 e vice em 2011, Schiavone parabenizou Na Li por sua conquista. "Hoje (sábado) foi muito difícil, mas eu tenho que dar parabéns para Li. Ela cresceu muito neste ano e jogou muito bem hoje", afirmou a italiana.

"Espero que ela aproveite este momento porque é fantástico. Tive minhas chances e joguei muito melhor no segundo set, mas ela realmente mereceu a vitória hoje", concluiu Schiavone.

Leia tudo sobre: roland garrosna lischiavonewta

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG