Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Brasileiros param na primeira rodada no Challenger de Barranquilla

Todos os quatro tenistas do país foram eliminados na estreia da competição na Colômbia e não conseguiram passar para a segunda fase

Gazeta |

A terça-feira não foi boa para o tênis brasileiro. Nenhum dos quatro representantes do Brasil passou para a segunda rodada do Challenger de Barranquilla, na Colômbia. A maior decepção ficou por conta de João "Feijão" Souza, que levou uma virada do argentino Facundo Bagnis. As parciais ficaram em 6/1, 7/6 (7-5) e 6/4.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Feijão começou a partida arrasando o argentino, mas caiu de rendimento na segunda parcial. O brasileiro brigou bastante para terminar o jogo em 2 sets a 0, mas foi derrotado no tiebreak. A terceira e última parcial foi mais tranquila para o argentino, que não desperdiçou a oportunidade de fechar a partida.

Leia mais sobre tênis no blog do Paulo Cleto

O resultado ruim não permitirá a João Souza, atual número 104, voltar a figurar entre os 100 melhores da ATP. A competição era a última preparação para a Copa Davis, em que o Brasil irá enfrentar a Colômbia, a partir da próxima segunda-feira.

Veja ainda: Guga promove campanha para Rio de Janeiro sediar ATP Finals

O gaúcho Guilherme Clezar não teve muitas chances contra o francês Eric Prodon, que aplicou um duplo 6/3 para vencer. Ricardo Hocevar também foi eliminado por um argentino. Marco Trungelliti o venceu por 7/5 e 6/4. A partida mais equilibrada envolvendo um brasileiro foi feita por André Ghem, que perdeu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3.

Leia tudo sobre: tênischallenger barranquillafeijão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG