Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Brasil reencontra Rússia na repescagem da Copa Davis

Confrontos serão em casa. No ano passado, os russos eliminaram os brasileiros do torneio por equipes

AE |

selo

Sorteio realizado nesta quarta-feira pela Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês), em Londres, definiu que o Brasil irá enfrentar a Rússia na repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis. Os brasileiros foram derrotados pelos russos na mesma fase da competição, no ano passado, e agora reencontrarão os adversários com a vantagem de jogar em casa, pois em 2011 o embate entre os dois países aconteceu em Kazan (RUS) e a Davis obriga alternância de mandantes. 

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

A reedição do duelo entre as duas nações irá acontecer entre os dias 14 e 16 de setembro, em cidade e piso que serão anunciados pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT) após escolha definida pelo capitão João Zwetsch e os tenistas do País. 

Reuters
Bellucci comemora ponto marcado na vitória que classificou o Brasil aos palyoffs da Davis

VEJA COMO FORAM OS CONFRONTOS DA DAVIS NA GALERIA DE FOTOS

No ano passado, o Brasil vendeu caro uma derrota por 3 a 2 para a Rússia, em Kazan, onde os donos da casa só conseguiram assegurar a vitória no derradeiro quinto confronto da série melhor de cinco jogos da repescagem. 

Relembre: Russos vencem, e Brasil fica fora do Grupo Mundial da Copa Davis

Este será o sétimo ano seguido em que o Brasil lutará para voltar ao Grupo Mundial da Copa Davis, sendo que o País não disputa a elite da competição desde 2003, quando Gustavo Kuerten ainda figurava como grande destaque do time nacional. Os brasileiros se garantiram em mais uma repescagem da competição ao derrotarem a Colômbia por 4 a 1, no último final de semana, em São José do Rio Preto. 

Liderado por Thomaz Bellucci, atual 44.º colocado da ATP, o Brasil não pode reclamar do destino que ganhou no sorteio desta quarta, pois, além de ter a vantagem de jogar em casa, terá pela frente uma Rússia cujos tenistas hoje estão longe de serem protagonistas no circuito profissional. 

Veja análises e comentários do tênis no Blog do Paulo Cleto

E, para completar, Mikhail Youzhny, atual 35.º do mundo e hoje tenista número 1 da Rússia, anunciou que se aposentou da Davis. Com isso, as principais esperanças do rival para o confronto diante dos brasileiros deverão ser depositadas no ex-top 10 Nikolay Davydenko, hoje 38.º da ATP, e em Alex Bogomolov, o 40.º. Atrás deles aparecem como opções Dmitry Tursunov, 75.º no ranking, Igor Kunitsyn, 91.º, e Igor Andreev, 100.º. 

O sorteio realizado nesta quarta definiu também os outros sete confrontos válidos pela repescagem da Davis. Eles serão os seguintes: Casaquistão x Usbequistão, Alemanha x Austrália, Japão x Israel, Bélgica x Suécia, África do Sul x Canadá, Itália x Chile e Holanda x Suíça. Todos estes duelos serão disputados também entre 14 e 16 de setembro, quando acontecerão as semifinais do Grupo Mundial com os confrontos Espanha x Estados Unidos e Argentina x República Checa.

Leia tudo sobre: copa davisrússiathomaz bellucci

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG