Tamanho do texto

Competição com nível ATP acontecia na Costa do Sauipe, mas um problema de datas forçou a mudança

selo

O único torneio em nível ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) do País será disputado em São Paulo no próximo ano. Após 11 temporadas, a tradicional competição - que tem no hall de campeões nomes como Gustavo Kuerten, Rafael Nadal e Juan Carlos Ferrero - deixa de ser jogada na Costa do Sauipe, no litoral baiano, pela primeira vez.

Um problema de datas prejudicou a realização da competição na Bahia - há anos se cogitava a transferência para um centro de maior visibilidade como São Paulo. Em 2012, a Associação dos Tenistas Profissionais reservou a semana entre 13 e 19 de fevereiro para o torneio, cujas rodadas finais vão coincidir com os primeiros dias do carnaval.

A Koch Tavares, empresa que detém os direitos de organização do evento, não estava disposta a competir com a tradicional festa baiana justamente nos dias em que o tênis costumava dar público na Costa do Sauipe.

O anúncio oficial do evento em São Paulo será feito nesta quarta-feira pelo governador Geraldo Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes. O torneio se tornará o único do mundo disputado em piso de saibro coberto - serão montadas duas quadras no Ginásio do Ibirapuera. Thomaz Bellucci, tenista número 1 do País, tem presença garantida na competição.

Com a decisão, São Paulo se torna a sede dos três maiores eventos de tênis do País: o challenger do Parque Villa-Lobos, normalmente disputado em janeiro, o torneio da ATP, e o Challenger Finals, evento que será disputado pela primeira vez no próximo mês com a presença dos sete melhores jogadores de nível Challenger do mundo e mais um convidado local, que será Bellucci.

A Koch Tavares realizará uma competição de futebol de areia na Bahia, competição que também detém os direitos, de modo a compensar a mudança do local do torneio.