Uruguaio Marcel Felder e brasileiro Rogério Dutra abrem a série a partir das 11 horas da manhã

Favorito, o Brasil tem disputado os playoffs de setembro nos últimos cinco anos, mas em nenhuma dessas oportunidades conseguiu chegar à etapa seguinte. Além dos brasileiros, o Uruguai anunciou nesta quinta-feira que o melhor jogador, Pablo Cuevas (número 54 do ranking da ATP), não vai jogar porque ainda não está recuperado da lesão do joelho que o afastou das quadras há seis semanas e será substituído pelo irmão mais novo, Martín (número 634 no ranking).

De acordo com o sorteio realizado ao meio dia desta quinta-feira, o uruguaio Marcel Felder (367 no ranking), e o brasileiro Rogério Dutra (135) abrem a série na sexta-feira a partir das 11h (de Brasília) da manhã na quadra de saibro do Carrasco Lawn Tennis de Montevidéu, com capacidade para 3.800 pessoas.

Mais tarde será a vez de Thomaz Bellucci (34), que recentemente fez uma ótima campanha no Masters 1000 de Madri, eliminando dois Tops 10 do mundo (Andy Murray, nº 4, e Thomas Berdych, nº7) e depois perdendo de virada a semifinal para o atual número um do mundo, Novak Djokovic, após vencer o primeiro set e começar a sentir dores na coxa. Belluci enfrenta Martín Cuevas.

No sábado, Bruno Soares e João Olavo Souza enfrentam Felder e Martín Cuevas nas duplas.A série termina no domingo nos jogos invertidos de simples.Os uruguaios ainda esperam que Pablo Cuevas se recupere nas próximas 48 horas e consiga participar dos jogos de duplas, conforme o regulamento.O Brasil venceu oito das nove disputas contra o Uruguai para a Copa Davis e o melhor resultado de uma equipe brasileira foi chegar nas semifinais em duas oportunidades, 1992 e 2000.aic/jm/sh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.