Francês se classificou para a decisão, mas vai encarar um tenista local no ATP 250 de Winston-Salem

O francês Julien Benneteau mostrou muita superação na noite desta sexta-feira, salvou dois match points e conseguiu bater o holandês Robin Haase por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7) e 7/6 (6), após mais de 2h40 de partida. Com o resultado, o tenista de 29 anos chega à sua quinta final de torneio de simples da ATP e busca levantar seu primeiro troféu.

Na decisão da competição, Benneteau, que veio do qualifying, enfrentará o local John Isner, quarto favorito à conquista, que, um pouco mais cedo, saiu vencedor do duelo caseiro com Andy Roddick por 2 sets a 0, com parciais 7/6 (4) e 6/4.

Mais seguro nos golpes de fundo da quadra desde o início da partida, o holandês foi superior ao rival e aproveitou melhor as suas chances de quebra na primeira parcial. Após quebrar o rival, segurou a vantagem, salando dois break points e fechando em 6/3.

No segundo set, ambos iniciaram quebrando os saques adversários, mas depois o bom aproveitamento de primeiro saque prevaleceu. A partir do oitavo game, os pontos foram disputados de forma rápida, levando rapidamente ao tie-break.

No desempate, o holandês até conseguiu salvar três set points do adversário, mas não resistiu na terceira oportunidade e acabou sendo superado por 9/7, levando a decisão para a última parcial.

No terceiro set, o ritmo seguiu o mesmo do segundo: games rápidos, com um ou outro vacilo dos tenistas. E foi em um deles que Haase conseguiu a quebra e sacou para fechar em 5/3. Benneteau, no entanto, pressionou e rival e devolveu a quebra.

No segundo desempate do dia, Haase chegou a ter dois match points quando abriu 6-4, mas foi aí que o francês mostrou superação. Além de salvar as duas oportunidades, uma delas no saque do adversário, ele ganhou os outros dois pontos na sequência, fechando em 8/6.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.