Tamanho do texto

Tenista chegou à 21ª posição no ranking da ATP, mas caiu de rendimento na segunda parte da temporada

Com apenas 22 anos, Thomaz Bellucci conquistou seu segundo título na carreira, chegou perto do top 20 do ranking mundial e jogou as oitavas de final de Roland Garros, entre outros feitos. Já em pré-temporada, o jovem vê 2010 de maneira positiva e projeta uma evolução nos torneios de quadra rápida do segundo semestre de 2011.

"Acho que foi bom, melhor que o ano passado. Comecei jogando muito bem nas quadras de saibro e tive um ano excelente até julho. No segundo semestre, cai um pouquinho, o que é normal e mostra que preciso melhor no piso rápido, mas foi uma boa temporada, a primeira em que joguei todos os torneios grandes", afirmou.

Bellucci conquistou seu único título em 2010 logo em fevereiro, no ATP 250 de Santiago, com direito a vitória na semifinal sobre o local Fernando Gonzalez, então 11º do mundo e tetracampeão no Chile. Embalado, o brasileiro figurou no 21º lugar do ranking mundial divulgado no dia 26 de julho.

"O título de Santiago foi muito importante. Ganhei do Gonzalez, que quase nunca perde lá e já ganhou o torneio várias vezes. Foi uma semana ótima. A conquista do ranking também foi boa, quase ter entrado entre os 20. Cheguei muito perto", afirmou Bellucci, superado entre os brasileiros apenas por Guga, ex-número 1 do mundo.

No segundo semestre, no entanto, o jovem caiu de rendimento, o que motivou o final da parceria com o técnico João Zwetsch. Nos oito torneios da ATP disputados pelo brasileiro desde agosto, todos em piso duro, ele não conseguiu passar da segunda rodada e perdeu metade na estreia, além de abandonar diante do indiano Somdev Devvarman na Copa Davis.

"É uma coisa que preciso melhorar em 2011. Joguei muitos torneios na quadra rápida e ainda não tive os mesmos resultados do saibro. Mas acho que tenho tudo para melhorar isso. Espero ser mais regular e fazer melhores resultados no segundo semestre do ano que vem", afirmou.

O brasileiro inicia a próxima temporada no ATP 250 de Auckland e em seguida parte para o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada. Depois de encontrar o norte-americano Andy Roddick, então número 7 do mundo, logo na segunda rodada no torneio de 2010, Bellucci espera chegar mais longe.

"Nesse ano, saio como cabeça de chave e é uma vantagem grande não pegar os melhores nas primeiras rodadas. Espero fazer um torneio ainda melhor. Tenho que realizar uma pré-temporada legal para disputar um bom campeonato na Austrália", disse tenista, que não pretende jogar a chave de duplas.

Bellucci defenderá título
Campeão da primeira edição do Brasil Masters Cup em 2009, Thomaz Bellucci se prepara para defender o título. O torneio amistoso será realizado entre sexta-feira e domingo, em Mogi das Cruzes.

"Estou voltando de férias e começando a pré-temporada agora. Mas os outros jogadores também não estão no auge. Vou tentar jogar bem e defender o meu título para começar a preparação com o pé direito", disse o jovem de 22 anos.

Para Bellucci, com todos os jogadores fora de ritmo, o resultado do torneio é imprevisível. "Acho que é uma incógnita, pode acontecer qualquer coisa", declarou o tenista.