Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Bellucci exalta desempenho defensivo na estreia em Roland Garros

Tenista brasileiro ficou satisfeito com a própria postura na primeira partida do Grand Slam francês

AE |

selo

Getty Images
Com boa campanha esse ano, Bellucci é a aposta brasileira em Paris
Thomaz Bellucci ficou satisfeito com seu desempenho na defesa em sua estreia em Roland Garros, nesta segunda-feira. O brasileiro chegou a perder um set para o casaque Andrey Golubev, 44.º do ranking, mas confirmou o favoritismo e derrotou o rival por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/4, 6/7 (4/7) e 7/6 (7/5).

"Já esperava um jogo muito duro contra o Golubev. Ele pega forte e tive que ficar atento o jogo todo para não dar chance a ele. Foi importante ter mantido a concentração do início ao fim. Acho que o meu ponto principal hoje foi a defesa, se não tivesse defendido bem, não teria vencido", analisou o número 1 do Brasil e 25.º do mundo.

Bellucci também elogiou sua estabilidade emocional quando o adversário mostrou uma postura mais agressiva no final do jogo. "A partir do terceiro set, o Golubev foi para o tudo ou nada, criando um pouco mais de dificuldade. Mas me mantive concentrado, sólido e agressivo para avançar", comentou.

Depois da vitória na estreia, o brasileiro já começou a projetar a partida contra o italiano Andreas Seppi, 51.º do mundo. Será o segundo confronto entre os dois tenistas no circuito. Seppi levou a melhor no primeiro duelo, em 2010, em Hamburgo, ao vencer por 7/6(7/0), 5/7 e 7/5. "Contra o Seppi, vou ter que manter a mesma concentração de hoje e jogar sólido. É um jogador muito regular, então vai ser de novo mais um jogo duro", previu.

Já o outro brasileiro em Roland Garros, Ricardo Mello, lamentou a derrota na estreia para o americano Mardy Fish, número dez do mundo. Ele chegou a tirar um set do rival, mas sucumbiu por 3 a 1 - 6/2 e 6/7 (11/13), 6/2 e 6/4.

"Consegui deixar o jogo bom quando venci o segundo set, mas não aproveitei o momento e deixei o Fish crescer de novo. Depois disso, ele passou a jogar e a sacar muito melhor. Uma pena", comentou o brasileiro, 89.º do ranking. Após a derrota, Mello voltará para o Brasil para iniciar sua preparação para os torneios de grama. Ele disputará o ATP 250 de Hertogenbosch, na Holanda, antes de competir em Wimbledon, o terceiro Grand Slam do ano.

Leia tudo sobre: NACIONALESPORTES

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG