Tamanho do texto

Atual número 42 no ranking da ATP não ficou chateado por Bruno Soares "roubar" a parceira Gajdosova

Depois de alcançar as semifinais da chave de duplas mistas de Roland Garros ao lado de Thomaz Bellucci, a australiana disputou o Aberto dos Estados Unidos com Bruno Soares. Bem-humorado, o jovem tenista disse que não ficou enciumado com a parceria da musa com seu amigo e compatriota.

"Não [fiquei com ciúmes], de maneira nenhuma", afirmou Bellucci antes de embarcar para o duelo com a Rússia, pela Copa Davis. "Fiquei até feliz pelo Bruno, porque ela é uma boa parceira, joga bem. Eles foram até as quartas de final, o que é um resultado interessante e fico feliz por eles", completou.

Gajdosova foi parceira de Bellucci e Soares
AP
Gajdosova foi parceira de Bellucci e Soares
Atual técnico de Bellucci, Larri Passos conheceu Gajdosova na época em que trabalhava com Gustavo Kuerten e intermediou a parceria com o novo pupilo. Em Roland Garros, ambos chegaram a desperdiçar um match-point na semifinal diante da dupla formada pelo norte-americano Scott Lipsky ao lado da australiana Casey Dellacqua.

Na primeira rodada em Paris, após vitória sobre os franceses Alize Cornet e Gilles Simon, a dupla viveu um episódio inusitado. No momento do cumprimento, Gajdosova inclinou o rosto para um beijo, Bellucci tentou um aperto de mão e, na confusão, quase a beijou na boca. Depois do incidente, o brasileiro ficou sem graça.

Os dois combinaram manter a parceria em Wimbledon, mas Bellucci perdeu logo na primeira rodada de simples e resolveu abdicar das duplas mistas. No Aberto dos Estados Unidos, ele preferiu participar apenas em simples, também caiu na estreia e retornou ao Brasil pensando no confronto com a Rússia.Jarmila Gajdosova cogitou jogar o último Grand Slam do ano com Bellucci, mas acabou ao lado de Bruno Soares, mais um brasileiro. Nas quartas de final, eles foram derrotados pelos argentinos Eduardo Schwank e Gisela Dulko, dupla que entrou no torneio como cabeça de chave número 8.

Após a parceria com a bela e desinibida Gajdosova, Bellucci passou a ser alvo de brincadeiras de seus amigos tenistas, entre eles Bruno Soares. Ambos formaram a dupla brasileira na série contra o Uruguai, pela Copa Davis, e estão juntos nessa semana para enfrentar a Rússia, nos playoffs do Grupo Mundial.

Coincidentemente, Thomaz Bellucci e Jarmila Gajdosova atravessam uma fase difícil no circuito. Enquanto o brasileiro ganhou apenas três de seus últimos oito jogos, a australiana encarou uma série de seis derrotas consecutivas, quebrada apenas no Aberto dos Estados Unidos, em que caiu na segunda rodada.