Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Bellucci culpa falta de agressividade por derrota em Pequim

Brasileiro admitiu que deixou ser atacado pelo espanhol Juan Carlos Ferrero, ex-líder do ranking mundial

Gazeta |

Eliminado na primeira rodada do ATP 500 de Pequim nesta terça-feira, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci apontou a falta de agressividade em seu jogo como o principal motivo para a derrota para o espanhol Juan Carlos Ferrero. O ex-líder do ranking mundial venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 7/6 (7-4).

"Não consegui deixar as bolas fundas e ele entrou na quadra e me atacou o tempo todo", admitiu Bellucci, dominado no primeiro set de partida. Na segunda parcial, o brasileiro jogou de igual para igual com o espanhol, mas viu seu adversário ser mais eficiente nos momentos decisivos do tie-break e conquistar a vitória.Foi a terceira derrota seguida de Bellucci em torneios da ATP, todas em quadras de piso rápido. Após ser eliminado na estreia do Masters 1000 de Cincinnati e do Aberto dos Estados Unidos, ele defendeu o Brasil contra a Rússia na Copa Davis. Em Kazan, derrotou Igor Andreev, mas caiu diante de Mikhail Youzhny.

"Jogando nesse nível em quadra rápida as oportunidades são poucas e, infelizmente, hoje acabei não aproveitando. Tenho que ter paciência, confiança e seguir trabalhando, pois sei que são os pequenos detalhes que vão fazer a diferença", afirmou.

Já fora do torneio de Pequim, Bellucci segue na China e começa a se preparar para o Masters 1000 de Xangai, na próxima semana.

Leia tudo sobre: thomaz bellucciatp 250 de pequimatp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG