Brasileiro disse que seu rival desta segunda foi para o tudo ou nada e por isso lhe causou dificuldades

Thomaz Bellucci sofreu para vencer, nesta segunda-feira, na estreia do Masters 1000 do Canadá. O adversário do brasileiro, o cazaque Andrey Golubev, ofereceu muita resistência e perdeu nos detalhes: 7/5 e 7/6 (8-6).

O canhoto, após o triunfo, comentou a postura de 'franco atirador' do oponente e enalteceu o fato de ganhar sem perder sets.

"Foi um jogo chato, porque o Golubev não me deu ritmo, um kamikaze total, sempre indo para o tudo ou nada. Consegui em certos momentos jogar sólido e contar com os erros não-forçados dele. Foi o que acabou fazendo a diferença", avaliou.

Além disso, o tenista número um do País chamou a atenção para as dificuldades da estreia. "Todo jogo de estreia é sempre mais tenso, especialmente, contra esses jogadores que arriscam o tempo todo. Mas foi bom ter vencido em dois sets", ponderou.

O próximo compromisso do atleta paulista sairá do duelo entre o francês Richard Gasquet, cabeça de chave número dez, e o alemão Florian Mayer - que ocorrerá na terça.

No retrospecto, Bellucci tem desvantagem em relação ao gaulês, que levou a melhor no único confronto entre eles, disputado em Roland Garros deste ano. Contra o germânico, o verde-amarelo lidera: venceu o único embate, realizado no Masters de Madrid, também desta temporada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.