Com estilo franco-atirados, brasileiro resistiu apenas por duas e 11 minutos diante do alemão Rainer Schuettler e está fora do Grand Slam

Durou pouco a aventura de Thomaz Bellucci no Aberto de Wimbledon, terceiro Grand Slam da temporada. Nesta segunda-feira, o brasileiro caiu na estreia diante do alemão Rainer Schuettler, 113º colocado no ranking da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), em apenas 2h11min: 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-3), 6/4 e 6/2.

Com a queda precoce, Bellucci crava sua pior campanha na grama inglesa. No ano passado, o brasileiro chegou à terceira fase. Em 2009, venceu na estreia e perdeu no segundo jogo. Já Schuettler participa do Aberto de Wimbledon pela 13ª vez na carreira e tem como melhor resultado a semifinal de 2008, quando perdeu para Rafael Nadal. Agora o alemão irá enfrentar o espanhol Feliciano Lopez na segunda rodada.

Apesar dos 3 sets a 0, a partida começou bastante equilibrada. Bellucci foi para cima de Schuettler como um franco-atirador e conseguiu belos pontos, mas pagou pela postura agressiva. O alemão de 35 anos não se intimidou. Ex-número 5 do mundo, ele trabalhou cada ponto com calma e o brasileiro se tornou presa fácil.

No primeiro set, Bellucci anotou cinco aces e conseguiu 14 winners. Por outro lado, cometeu 14 erros não forçados. Experiente, o alemão conduzia as bolas com mais tranquilidade. Parecia até que o brasileiro levaria a melhor nesta parcial quando quebrou o saque rival no sétimo game. Schuettler, por sua vez, devolveu a quebra logo no game seguinte e se manteve no jogo. Diante da igualdade, o set foi decidido somente no tie-break. E prevaleceu a experiência alemã: 7-3.

Bellucci manteve o estilo “kamikaze” na segunda parcial. Foram 11 winners contra nenhum do adversário. Mas, mais uma vez, os erros falaram mais alto. Foram 13 não forçados. Quando não conseguiu colocar seu primeiro serviço em jogo, o brasileiro sofreu. Schuettler continuou consistente e, com duas quebras contra uma de Bellucci, venceu também este set – desta vez por 6/4.

Foi o que bastava para que o brasileiro saísse de vez do controle. Bellucci se acuou e não teve chances diante de um rival inspirado. Foram mais nove erros não forçados. Garantindo seus saques e com duas quebras na terceira parcial, Schuettler venceu com facilidade por 6/2 e fechou o jogo em 3 sets a 0.

Este foi o primeiro confronto entre Bellucci e Schuettler na história.

Rainer Schuettler irá enfrentar o espanhol Feliciano Lopez na segunda rodada do Grand Slam
AFP
Rainer Schuettler irá enfrentar o espanhol Feliciano Lopez na segunda rodada do Grand Slam

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.