Tamanho do texto

Tenista francesa disputou duas partidas neste domingo para ganhar o seu segundo título na temporada

A francesa Marion Bartoli entrou em quadra duas vezes na madrugada deste domingo pelo WTA de Osaka e foi recompensada com o título. Depois de iniciar o dia derrotando a alemã Angelique Kerber na semifinal, ela descansou e jogou mais uma vez, para superar a australiana Samantha Stosur na decisão, com parciais de 6/3 e 6/1 e ficar com o título.

A programação do WTA de Osaka estava atrasada por conta das chuvas que atrapalharam a rodada do torneio durante a semana. Dessa forma, as semifinais e a decisão tiveram que ser disputadas no mesmo dia.

Em seu primeiro desafio do dia, Bartoli superou Angelique Kerber por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 7/6 (7/5) e classificou-se à decisão para enfrentar Stosur, que abriu o dia derrotando a chinesa Jie Zheng, em três difíceis sets: 7/6 (7-5), 3/6 e 6/3.

Na final, a campeã do Aberto dos Estados Unidos não resistiu ao ritmo ditado por Bartoli, que conquistou seu segundo título da temporada. Na semana seguinte após ser semifinalista do Aberto da França, em que foi derrotada por Francesca Schiavone, ela conquistou o WTA de Eastbourne.

Bartoli também foi vice-campeã do Premier de Indian Wells, em que caiu na final para a dinamarquesa Caroline Wozniacki, líder do ranking mundial, e do WTA de Estrasburgo, em que abandonou contra a alemã Andrea Petkovic, por conta de uma lesão.