Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Ausência de Serena marca chave feminina do Aberto da Austrália

Pentacampeã não se recuperou de cirurgia no pé. Candidatas ao título enfrentam tabus no caminho para a glória

Pedro Taveira, iG São Paulo |

undefined
Serena está afastada das cometições desde que venceu Wimbledon pela quarta vez, em 2010
A chave feminina do Aberto da Austrália começa na noite deste domingo com uma lacuna a ser preenchida: quem substituirá a pentacampeã Serena Williams? Com a norte-americana fora da disputa em 2011 - ela ainda não se recuperou de uma cirurgia no pé direito -, candidatas ao título não faltam, como Caroline Wozniacki, Vera Zvonareva, Kim Clijsters, Venus Williams ou Maria Sharapova. Mas todas elas terão que superar tabus particulares para chegar à glória na Arena Rod Laver.

Atual líder do ranking da WTA, a dinamarquesa Wozniacki chegou ao posto de número 1 apenas pela ausência de Serena no circuito e sem ter conquistado nenhum Grand Slam em sua carreira. Talvez por isso ronde sobre ela uma desconfiança que somente será superada com um troféu de expressão. Na Austrália, a principal cabeça de chave deverá ter vida fácil até, pelo menos, as oitavas de final. Sua estreia será contra a argentina Gisela Dulko, 48ª do mundo. Na quarta fase, a adversária pode ser a belga Yanina Wickmayer.

A segunda melhor tenista da atualidade, a russa Zvonareva, tem um problema semelhante ao de Wozniacki. Faltam-lhe as conquistas mais importantes do esporte, embora ela já tenha ao menos chegado a finais nos Estados Unidos, em 2008, e em Wimbledon e no Aberto dos Estados Unidos, no ano passado. Seu primeiro desafio em Melbourne sera diante da desconhecida austriaca Sybille Bammer, número 70 do ranking.

Título de Grand Slam a belga Clijsters já conquistou, e em quadras rápidas, mas não na Austrália. A atleta é tricampeã do Aberto dos Estados Unidos, mas o máximo que conseguiu em Melbourne foi um vice-campeonato, em 2004. Kim deve ter ainda a estreia mais difícil entre as favoritas: enfrenta a ex-líder da lista da WTA Dinara Safina.

Venus Williams também tem troféus dos principais torneios do mundo, mas também não nas quadras australianas. A norte-americana é dona de sete Grand Slams - cinco em Wimbledon e outro dois nos EUA -, mas sua melhor participação na Arena Rod Laver foi um vice-campeonato, em 2003. Na primeira rodada, Venus jogará contra a italiana Sara Errani, atual 43 do mundo.

Já a russa Sharapova conquistou uma vez o Aberto da Austrália, mas em uma época em que seu tênis era muito melhor. Desde 2008, a musa não consegue repetir as boas atuações que lhe colocaram no topo do ranking mundial. Como 14ª cabeça de chave, ela irá jogar contra a tailandesa Tamarine Tanasugarn, número 64 da WTA, na primeira rodada. Será a primeira partida da quadra principal da competição.

 

Leia tudo sobre: TênisAberto da Austrália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG