Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Após top 15 em ano de adaptação, Melo e Soares querem Masters

A meta da dupla brasileira é terminar entre as oito melhores duplas de 2011 para participar do ATP Finals

Gazeta Esportiva |

Na primeira temporada juntos, Marcelo Melo e Bruno Soares formaram a 14ª melhor parceria do ano. Depois de usar 2010 como um período de adaptação, os mineiros planejam terminar entre as oito melhores duplas de 2011 para participar do ATP Finals, a antiga Masters Cup.

"Nesse primeiro ano juntos, a gente tentou manter mais ou menos os mesmos rankings para no ano que vem conseguir disputar os mesmos torneios de outra maneira: mais adaptados, jogando melhor e também nos conhecendo melhor", explicou Marcelo Melo.

Em 2008, temporada na qual conquistaram três títulos e um vice-campeonato, Marcelo Melo e André Sá foram chamados como reservas para a Masters Cup de Xangai, mas não chegaram a atuar. Em 2011, Bruno Soares sonha com um lugar no torneio que reúne as oito melhores duplas do ano.

"Nosso grande objetivo é a Masters. Em 2011, a gente vai tentar brigar para disputar essa competição. Em termos de ranking, se nos classificarmos para a Masters automaticamente nossa posição na lista já vai estar muito boa", explicou Soares, ex-parceiro Kevin Ullyett, do Zimbábue, que jogou o torneio cinco vezes.

Na primeira temporada juntos, Marcelo Melo e Bruno Soares conquistaram o título do ATP 250 de Nice e ficaram com o vice em Auckland, Gstaad e Metz. Nos torneios do Grand Slam, o melhor desempenho dos brasileiros foi as quartas de final de Roland Garros.

"Eu acho que foi o esperado. Quando você troca de parceiro, precisa mudar muita coisa e tivemos dificuldades no começo do ano. Depois, começamos a jogar melhor e mantivemos uma sequência de jogos boa. No ano que vem, temos que começar bem melhor do que começamos nesse ano para quem sabe entrar no top 20 novamente", disse Melo, ex-18º do mundo.Nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, os únicos que jogaram juntos na temporada, os brasileiros caíram logo na primeira rodada. Nos demais torneios deste nível, os parceiros precisaram se separar em função do ranking, algo lamentado por Bruno Soares.

"Em termos de torneio ATP, foi ótimo. Eu acho que a única coisa que faltou foi um bom resultado em Masters Series. A gente espera baixar um pouco o nosso ranking para melhorar nestes torneios no ano que vem", disse Soares, atual 35º do mundo (Melo é o 39º).

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG