Argentino Federico Del Bonis foi o algoz do brasileiro, que perdeu por 2 sets a 1

João Souza, o Feijão, número 111 do ranking mundial, foi eliminado nesta sexta-feira nas quartas de final do Challenger de São Paulo. O brasileiro perdeu para o argentino Federico Del Bonis, número 160 do ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6(7-5), 5/7 e 6/4, em duas horas e 57 minutos de partida.

O jogo teve um momento que gerou polêmica. No terceiro set, quando o placar era de 4/3 para o argentino, Feijão teve um break-point a favor. Com um erro do rival, quebraria o serviço do adversário, mas um torcedor gritou fora na bola anterior e o árbitro de cadeira se confundiu, chamando "correção", e mandou voltar o ponto. Após isso, Del Bonis confirmou o serviço e Feijão não conseguiu reverter mais o placar.

" (O pedido de correção após o grito do torcedor) Isso não pode acontecer. O certo é seguir o ponto e depois o árbitro pede pro público ficar calmo. Prejudicou o Feijão", reclamou Ricardo Acioly, técnico do atleta.

Com a derrota, Feijão repete a campanha do ano passado no Challenger de São Paulo, caindo nas quartas de final. O atleta agora segue para Melbourne onde disputa o qualificatório do Aberto da Austrália, semana que vem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.