Suíço perdeu recentemente para o francês Gael Monfils, mas diz estar em boas condições físicas

Nas últimas semanas, ninguém, entre os cinco melhores tenistas do mundo, disputou mais torneios que Roger Federer. Desde 10 de outubro, o número dois do ranking participou de quatro campeonatos e venceu dois. Mesmo com tantos jogos seguidos, ele se sente preparado para conquistar o penta do ATP Finals, este ano sediado em Londres, que começa no próximo dia 21.

A maratona começou com o Masters 1000 de Xangai e passou pelas conquistas do ATP 250 de Estocolmo e do ATP 500 de Basel, terminando com as semifinais do Masters 1000 de Paris. "Voltarei rápido para a Suíça e vou me preparar para Londres. Sinto-me bem fisicamente e é um alivio ter terminado Paris em boas condições de saúde. Isso é o mais importante, mais ainda do que as vitórias, então vou me recuperar bem desta derrota na França", comentou Federer, que perdeu para o local Gael Monfils por 2 a 1, com parciais de 7/6, 6/7 e 7/6.

Neste mesmo período, Novak Djokovic (3º) e Andy Murray (5º) jogaram três torneios, enquanto Robin Soderling (4º) disputou os mesmos quatro de Federer. Já o líder Rafael Nadal não joga desde Xangai. "Acho que tenho boas chances de vencer o ATP Finals", terminou o suíço.

Em Londres, Federer caiu no Grupo B, ao lado de Soderling, Murray e David Ferrer. Na outra chave, estão Nadal, Djokovic, Tomas Berdych e Andy Roddick. O atual campeão do torneio que reúne os oito melhores tenistas do ranking é o russo Nikolay Davydenko, mas ele não vai participar desta edição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.