Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Após encerrar jejum, Federer vence na estreia em Paris

Depois de conquistar o seu segundo título da temporada, na Basileia, o tenista suíço avança no torneio francês

AE |

selo

AFP
Federer estreia com vitória no Masters 1000 de Paris
Depois de encerrar um jejum de 10 meses sem títulos com a conquista do Torneio da Basileia, no último domingo, Roger Federer estreou com vitória no Masters 1000 de Paris, nesta quarta-feira. O tenista suíço derrotou o francês Adrian Mannarino por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, e já se garantiu nas oitavas de final da competição.

Leia mais: Djokovic tem estreia tranquila na França

Cabeça de chave número 3 na capital francesa, Federer agora irá encarar um outro tenista da casa: Richard Gasquet, que na última terça-feira estreou com vitória por 2 sets a 1 sobre o sul-africano Kevin Anderson.

Essa foi a segunda vitória de Federer em dois jogos contra Mannarino, que já havia sido superado pelo recordista de títulos de Grand Slam na última edição de Wimbledon. E, diante de Gasquet, o suíço terá a chance de dar o troco no rival após ter sido derrotado no último encontro entre os dois, no Masters 1.000 de Roma deste ano, quando o francês venceu por 2 sets a 1, de virada. No retrospecto geral do confronto entre os dois, porém, o tenista da Suíça leva ampla vantagem, com oito vitórias e duas derrotas.

Para eliminar qualquer chance de surpresa na estreia em Paris, Federer mostrou grande eficiência no saque nesta quarta. Ele fez 88% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço e não cedeu nenhuma oportunidade de quebra ao seu adversário. Além disso, ele aproveitou três dos cinco break points cedidos por Mannarino.

Em outros dois duelos encerrados há pouco no Masters 1000 de Paris, o norte-americano John Isner e o ucraniano Alexandr Dolgopolov se garantiram nas oitavas de final. O primeiro deles superou o russo Igor Kunitsyn por duplo 6/4, enquanto o tenista da Ucrânia bateu o alemão Philipp Kohlschreiber por 6/3 e 7/6 (8/6).

Com a vitória, Dolgopolov irá encarar o espanhol David Ferrer, quarto cabeça de chave, por uma vaga nas quartas de final. Já Isner enfrentará o ganhador do confronto entre o espanhol Feliciano Lopez e o francês Gael Monfils, pré-classificado como oitavo maior favorito ao título.

Leia tudo sobre: NACIONALESPORTES

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG