Número 2 do mundo diz que teve um ano de altos e baixos, admite cansaço e confessa “menos paixão” pelo tênis

AP
Nadal perdeu para Federer e Tsonga e está fora do ATP Finals de Londres
O fim de ano de Rafael Nadal não está sendo do jeito que o espanhol gostaria. Após a precoce eliminação no ATP Finals, com duas derrotas e uma vitória no grupo B do torneio, o número 2 do mundo admitiu que teve um segundo semestre de pouco brilho.

Leia mais: Nadal perde pra Tsonga e está fora do ATP Finals

“Após o Aberto dos Estados Unidos, joguei bem a Copa Davis e em Tóquio fiz um dos meus melhores sets do ano diante do (Andy) Murray. Depois disso, realmente não foi o meu melhor”, disse Nadal.

Conheça as manias e segredos dos melhores tenistas do mundo

Questionado sobre as razões para sua queda de rendimento, o espanhol afirmou que poderia enumerar diferentes motivos por mais de uma hora, mas voltou a citar o cansaço como o principal vilão.

Veja os comentários sobre o ATP Finals no blog do Paulo Cleto

“Talvez eu tenha tido um pouco menos de paixão pelo jogo porque estava mais cansado que o normal. Estou feliz pelo que treinei nas últimas três semanas, mas para competir não estava do jeito certo. Estive mais lento do que o normal porque a minha cabeça não estava perfeita. Mas não é hora de encontrar desculpas, é hora de continuar lutando”, afirmou Nadal.


A temporada do vice-líder do ranking, porém, ainda não está acabada. Rafael Nadal defenderá a Espanha na decisão da Copa Davis diante da Argentina, em Sevilha, entre os dias 2 e 4 de dezembro.
“São condições completamente diferentes. Mesmo se não estou jogando perfeitamente, o piso (saibro) me ajuda. Vou tentar o meu melhor para ajudar o meu país, mas tenho sorte que temos um grande time. Se não estiver em boas condições, o capitão pode escolher outro jogador”, disse Nadal.

Certamente, Rafael Nadal será escolhido como o primeiro tenista da Espanha na final da Davis e terá, portanto, nova chance de encerrar a temporada na parte de cima da roda gigante que viveu em 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.