O atleta venceu 60 torneios da ATP, foi oito vezes campeão de Grand Slams e liderou o ranking durante 101 semanas consecutivas

Há dois anos, Andre Agassi disse em sua biografia que odiava o tênis. Neste sábado, no entanto, se rendeu ao esporte e cravou que tudo que tem na vida é fruto deste esporte, ao ser homenageado e entrar para o Hall da Fama Internacional, em Newport, nos Estados Unidos.

O norte-americano é casado com a alemã Steffi Graf, que, assim como ele, foi número um do mundo quando participava do circuito. Acompanhado de sua família, não teve vergonha de voltar atrás em suas declarações sobre o esporte.

"Eu olho para minha mulher e meus filhos e digo: 'obrigado, tênis, por fazer que tudo isso fosse possível'. Tudo o que eu tenho é porque o tênis me deu", disse Agassi, emocionado, durante a premiação.

Também estavam presentes seus antigos treinadores, Nick Bollettieri, Gil Reyes, Brad Gilbert e Darren Cahill.

O atleta de 41 anos venceu 60 torneios da ATP, sendo oito vezes campeão de Grand Slams, além de ter liderado o ranking de entradas durante 101 semanas consecutivas. Dois anos atrás, em sua biografia, tocou em assuntos polêmicos e revelou casos de doping, problemas com rivais e que não gostava do esporte no qual se consagrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.