Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Almagro vence e conquista tri inédito do Brasil Open

Espanhol superou o italiano Filippo Volandri e, assim, conseguiu se manter no 11º lugar do ranking ATP

AE |

selo

Nicolas Almagro se tornou, neste domingo, o maior vencedor da história do Brasil Open, o principal torneio de tênis disputado no país. Depois de ter sido campeão em 2008 e no ano passado, o espanhol conquistou o inédito tricampeonato da competição ao derrotar na final o italiano Filippo Volandri por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

AE
Espanhol se tornou tricampeão do torneio disputado no Ibirapuera

Com o feito, Almagro superou Gustavo Kuerten como maior ganhador do torneio brasileiro. O ex-tenista número 1 do Brasil e do mundo também conquistou a taça em 2002 e 2004 e dividia com o espanhol a condição de maior campeão do ATP realizado no Brasil.

Esse foi o 11.º título da carreira de Almagro, sendo também o 11.º em piso de saibro. E ele veio justamente quando o tenista espanhol ocupa a 11.ª colocação do ranking da ATP, que será atualizado nesta segunda-feira. Por ter sido campeão novamente, ele conseguiu defender os pontos obtidos no ano passado na Bahia e manterá o seu posto no ranking.

Leia mais: Semifinal em casa não encerra o martírio de Bellucci

A nova conquista deste domingo também aumentou o domínio da Espanha na história do Brasil Open, que teve título de tenistas do país europeu em seis de suas 12 edições até hoje. Além de Almagro, agora três vezes campeão, Rafael Nadal (em 2005), Tommy Robredo (2009) e Juan Carlos Ferrero (2010) levantaram o troféu maior da competição.

Para faturar o tri neste domingo, Almagro mostrou grande eficiência quando encaixou o seu primeiro serviço, com o qual teve 88% de aproveitamento dos pontos que disputou. Ele ainda converteu quatro dos 11 break points cedidos por Volandri.

O italiano, algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na semifinal, se mostrou um rival duro para o espanhol. Além de ganhar o segundo set, ele aproveitou duas das três chances que teve de quebrar o saque do seu adversário.

O Ginásio do Ibirapuera, famoso palco paulistano, voltou a receber ótima presença de público neste domingo para ver jogos do Brasil Open, que neste ano passou a ser disputado na capital paulista após 11 edições consecutivas realizadas na Costa do Sauipe, na Bahia.

Almagro, antes criticado por exibir certa antipatia em outras edições da competição brasileira, desta vez se mostrou simpático e ganhou vários aplausos do público. Logo após o título, ele comemorou vestindo uma camiseta na qual disse amar o Brasil. "Fiquei feliz de ver o ginásio cheio, sempre dá mais força para os jogadores um ginásio cheio como este", disse o tenista, durante o seu discurso na cerimônia de premiação do Brasil Open.

Leia tudo sobre: tênisaberto do brasilatp

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG