O bielorrusso Max Mirnyi e sua dupla canadense Daniel Nestor venceram por 2 sets a 1 e levaram o título

O colombiano Juan Sebastián Cabal e o argentino Eduardo Schwank, que nas seminais venceu a dupla número um do mundo, os irmãos Bob e Mike Bryan, foram derrotados neste sábado na decisão de Roland Garros pelo bielorrusso Max Mirnyi e o canadense Daniel Nestor, que eram os cabeças de chave número dois.

Mirnyi e Nestor levaram a melhor por 2 sets a 1, com parciais de 7-6(3), 3-6 e 6-4, em 2h17min de partida. Foi o segundo título em duplas no segundo Grand Slam da temporada do bielorrusso, que já havia ficado com o troféu em 2005 e 2006, jogando com o sueco Jonas Bjoerkman, e o segundo do canadense, campeão também em 2007, com o bahamense Mark Knowles, e no ano passado, com tcheco Nenad Zimonjic.

A dupla sul-americana foi formada por acaso. Schwank ficou sem companheiro após a lesão de seu compatriota Horacio Zeballos e entrou em contato com o colombiano para formar uma dupla inédita. No entanto, no final, pesou a inexperiência de Cabal, de 25, que cometeu uma dupla falta no último game da final.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.