US Open Series, que são os dez torneios que antecedem o Grand Slam norte-americano, também teve reajuste

A organização do Aberto dos Estados Unidos divulgou nesta quinta-feira um reajuste na sua premiação, que baterá recorde como o mais alto da história da competição. O aumento será de 1 milhão de dólares em relação ao ano passado, passando a ser 23,7 milhões de dólares (aproximadamente R$ 37,2 milhões) na distribuição das categorias.

O US Open Series, que são os dez torneios que antecedem o Grand Slam norte-americano, também sofreu um reajuste em sua premiação. Assim, o campeão de simples do US Open vencerá 1,8 milhões de dólares e, caso termine em primeiro nos Series, mais 1 milhão.

Assim, o Aberto dos Estados Unidos confirmará 6,4% a mais nos prêmios em relação ao ano passado. O torneio também foi o primeiro do circuito a igualar as premiações entre as chaves masculinas e femininas, no ano de 1973.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.