Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Aberto da Austrália será Grand Slam com maior prêmio da história

Torneio pagará 2,3 milhões de libras ao vencedor, totalizando 26 milhões de libras em prêmios

AE |

selo

A organização do Aberto da Austrália anunciou nesta terça-feira que a competição de 2012 dará o maior prêmio da história dos torneios do Grand Slam. Tanto o vencedor da chave de simples masculina quanto da feminina receberá 2,3 milhões de libras (cerca de R$ 6,7 milhões).

No total, serão distribuídas 26 milhões de libras (cerca de R$ 75,7 milhões) em premiação no torneio que acontecerá entre os dias 16 e 29 de janeiro do ano que vem e terá como uma de suas atrações a suíça Martina Hingis, que deixará a aposentadoria para participar do torneio de veteranos.

No entanto, ao contrário do que vinha sendo especulado, não foi confirmada a participação de Hingis no torneio de duplas mistas, ao lado de Roger Federer . Cogita-se que os dois possam estar juntos na Olimpíada de 2012, em Londres, e assim o torneio australiano serviria como preparação.

Outra aposta da organização é as presenças de Serena Williams e Kim Clijsters. A norte-americana não participou da edição de 2011 por conta de uma lesão no pé direito. Já a belga conquistou o título do torneio, mas desde então ficou fora de boa parte da temporada por uma sequência de problemas físicos.

"Sabemos que Kim (Clijsters) ficou de fora de quase todo o ano, mas ela está planejando voltar para defender o título. Ainda temos três meses para o torneio, mas a última informação é de que ela planejava voltar", declarou o diretor Craig Tiley. "A mesma coisa com Serena (Williams), ela infelizmente perdeu o Aberto deste ano com sua lesão, mas voltou a jogar e estará aqui também", completou.

Leia tudo sobre: aberto da austrália

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG