Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

41ª edição das Finais da ATP começa neste domingo, em Londres

Conheça a história e curiosidades da competição que reúne os oito melhores tenistas da temporada

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860504636&_c_=MiGComponente_C

Começa neste domingo a 41ª edição das Finais da ATP, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada. Após rodar 13 cidades de nove países, a competição deste ano será realizada pela segunda vez na Arena O2 de Londres, na Inglaterra, seu palco até 2013.

A disputa das Finais da ATP é a única do circuito profissional que não ocorre no formato mata-mata. Nesta competição, os oito participantes se dividem em dois grupos de quatro tenistas e jogam entre si dentro das chaves. Os dois melhores de cada chave avançam às semifinais, e a partir daí o sistema é eliminatório.

Getty Images
Ao lado de Ivan Lendl, Pete Sampras é o maior vencedor da história da competição

Criado em 1970 sob o nome de Masters, o campeonato passou por Tóquio, Paris, Barcelona, Boston, Melbourne, Estocolmo, Houston e Nova York - esta última cidade abrigou 13 edições no famoso Madison Square Garden. De 1990 a 1999, o nome mudou para Campeonato da ATP (ATP World Tour Championships) e foi sediado pelas cidades alemãs de Frankfurt e Hanover.

Em 2000, após nova mudança, estava criada a Masters Cup, que durou até 2008. Lisboa, local em que Gustavo Kuerten se consagrou como o melhor do mundo há dez anos, Sydney, Xangai e novamente Houston foram os palcos dos confrontos entre os melhores de cada ano.

O nome atual, Finais da ATP (ATP World Tour Finals, no original, em inglês), surgiu em 2009, ano em que os favoritos caíram cedo e o russo Nikolay Davydenko desbancou o argentino Juan Marton Del Potro. Curiosamente, ambos sobrem com lesões em 2010, o que os impossibilitou de reeditar a decisão.

Assim como em 2009, Rafael Nadal aparece como grande favorito da edição 2010. No ano passado, porém, o espanhol decepcionou ao perder suas três partidas e ser eliminado ainda na fase de grupos. No entanto, para chegar ao título que ainda falta em sua galeria, o líder do ranking terá que desbancar dois ex-campeões. Roger Federer tenta o pentacampeonato, enquanto Novak Djokovic busca o bi.

Getty Images
Guga se tornou número 1 do mundo ao derrotar Pete Sampras e Andre Agassi

O que está em disputa:

Cada vitória na primeira fase vale 200 pontos para o jogador. Um triunfo na semifinal rende 400 pontos e, na decisão, 500. A quantia máxima que um atleta pode acumular nas Finais da ATP é 1500 pontos. Além do título em Londres, veja o que está em disputa para os oito melhores tenistas do mundo.

1. Rafael Nadal (ESP) - 11.450 pontos
Está garantido com folga na liderança independentemente de seu desempenho em Londres. Tenta seu primeiro título

2. Roger Federer (SUI) - 7.645
Segundo colocado do ranking, briga somente pelo pentacampeonato das Finais da ATP e alcançar as marcas de Ivan Lendl e Pete Sampras

3. Novak Djokovic (SER) - 5.635
Após lutar pela vice-liderança do ranking, defende agora o terceiro lugar e sonha com o bi na Inglaterra

4. Robin Soderling (SUE) - 5.380
Campeão do Masters 1000 de Paris há uma semana, almeja subir para a terceira posição da ATP, mas pode cair para quinto se for mal

5. Andy Murray (GBR) - 5.360
Pode recuperar a terceira colocação do ranking. Mantém a quinta colocação mesmo se perder todas suas partidas

6. Tomas Berdych (RTC) - 3.755
Joga para manter a melhor colocação obtida ao longo de sua carreira. Se não for bem, pode acabar o ano como oitavo

7. David Ferrer (ESP) - 3.735
Mesmo que seja campeão invicto, chegará, no máximo, à sexta posição. Se tropeçar, pode encerrar a temporada em oitavo

8. Andy Roddick (EUA) - 3.665
Sexta posição é o máximo que o ex-número 1 pode conseguir em Londres. Para isso, basta vencer um ou dois duelos e ver Berdych e Ferrer tropeçarem.

Getty Images
Roger Federer já embolsou US$ 7,59 milhões só de participações nas Finais

Curiosidades:

- Em 2000, Gustavo Kuerten se tornou o primeiro a derrotar Pete Sampras e Andre Agassi de forma consecutiva na semifinal e final de um torneio da ATP. Ele foi ainda o primeiro sul-americano a terminar uma temporada no topo do ranking.

- Maior vencedor da história do tenis com 109 troféus, o norte-americano Jimmy Connors conquistou apenas um Masters, em 1977.

- A edição de 2010 distribuirá 2,27 milhões de euros (R$ 5,31 mi) em prêmios para os competidores.

- O tcheco Ivan Lendl é o tenista com maior número de vitórias na competição (39). Dos atletas atuais, o que mais se aproxima dele é Roger Federer, quarto colocado (28).

- O romeno Ilie Nastase é o jogador com maior aproveitamento. Com 23 vitórias e três derrotas, o tetracampeão ostenda 88,5% de triunfos. Com 80% (28 vitórias e sete derrotas), Federer é o segundo.

- Andre Agassi é o atleta que mais vezes participou do campeonato. Foram 14 aparições entre 1988 e 2003.

- O suíço Roger Federer já embolsou US$ 7,59 milhões somente neste torneio. Se este valor pudesse ser convertido para o real atual, o valor seria de R$ 13,04 mi.

- Em apenas 18 das 40 edições realizadas até hoje o campeão terminou a temporada como líder do ranking da ATP (entre 1970 e 1972 não havia ranking).

Getty Images
Norte-americano Stan Smith foi o campeão da primeira edição do Masters

Todos os campeões:

Stan Smith (EUA) - 1970
Ilie Nastase (ROM) - 1971, 1972, 1973 e 1975
Guillermo Vilas (ARG) - 1974
Manuel Orantes (ESP) - 1976
Jimmy Connors (EUA) - 1977
John McEroe (EUA) - 1978, 1983 e 1984
Björn Borg (SUE) - 1979 e 1980
Ivan Lendl (RTC) - 1981, 1982, 1985, 1986 e 1987
Boris Becker (ALE) - 1988, 1992 e 1995
Stefan Edberg (SUE) - 1989
Andre Agassi (EUA) - 1990
Pete Sampras (EUA) - 1991, 1994, 1996, 1997 e 1999
Michael Stich (ALE) - 1993
Alex Corretja (ESP) - 1998
Gustavo Kuerten (BRA) - 2000
Lleyton Hewitt (AUS) - 2001 e 2002
Roger Federer (SUI) - 2003, 2004, 2006 e 2007
David Nalbandian (ARG) - 2005
Novak Djokovic (SER) - 2008
Nikolay Davydenko (RUS) - 2009

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG