Brasileiro é campeão das duplas ao lado do polonês Lukasz Kubot e destaca força mental depois da vitória em batalha de mais de quase 5h na final

Marcelo Melo colocou o nome da história do tênis ao ser o primeiro brasileiro a conquistar o torneio de duplas masculinas de Wimbledon , ao lado do polonês Lukasz Kubot. O país não tinha um vencedor no Grand Slam desde Maria Esther Bueno, nos anos 60. 

Leia também: Com direito a pneu, Garbine Muguruza vence Venus Williams e fatura Wimbledon

Marcelo Melo e Lukasz Kubot com troféu de campeões de duplas de Wimbledon
Reprodução/Instagram/@marcelomelo83
Marcelo Melo e Lukasz Kubot com troféu de campeões de duplas de Wimbledon


A final em Wimbledon, no sábado (15), foi uma verdadeira batalha de 4h40 de duração e muito equilíbrio. O placar foi 3 sets a 2, com parciais de 5/7, 7/5, 7/6(2) e 3/6 13/11 para o brasileiro e o polonês diante do austríaco Oliver Marach e do croata Mate Pavic. Depois do ponto final, Marcelo Melo se jogou na grama londrina, vibrou e comemorou com a família que acompanhava a decisão na quadra central. Veja a festa do brasileiro: 


Ao site oficial, Marcelo deu detalhes da conversa que teve com o parceiro antes da final. "Disse para o Lukasz: 'Cara, eu fiz tudo na minha vida para estar nesta quadra hoje. Quero aproveitar o máximo que conseguir. Já cheguei à final uma vez [em 2013, quando fazia dupla com Ivan Dodig, e perdeu para os irmãos Bryan], mas agora eu quero vencer e posso fazer isso'". 

Leia também: Torcedor veste saia de ex-número 1 do mundo em momento hilário em Wimbledon

A conversa foi positiva e a dupla se mostrou entrosada e concentrada em quadra. Marcelo ainda ressalta a empolgação da torcida. "A energia em quadra estava muito alta, com uma atmosfera inacreditável. Não tenho palavras para descrever". 

Segundo o brasileiro, a força mental foi importante para manter a concentração na batalha de horas e horas da final e buscar o título inédito para ele. "Acho que a chave foi nos mantermos fortes mentalmente. Nós tínhamos de estar preparados para voltar e lutar e foi o que fizemos. Até quando perdemos dois match points, nós continuamos lutando", detalha Marcelo. 

"A batalha mental foi boa para a gente. Acho ter decidido os últimos três jogos no melhor de cinco foi bom. Comentei com o Lukasz: 'Já passamos por três, esse é só mais um. Estamos prontos para mais um'", completa o tenista de Minas Gerais. 


Número 1

Por ter chegado à final, Marcelo Melo já era o líder do ranking de duplas da ATP . Agora, soma mais um título na temporada ao lado de Lukasz Kubot. Eles haviam vencido os torneios preparatórios para Wimbledon na Alemanha e na Holanda, o ATP de Miami e o ATP de Madri. No sábado, colocaram o troféu do Grand Slam na currículo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.