Brasileiros jogaram juntos até o fim de 2011, se separaram e vivem o melhor momento da carreira

Desde os tempos áureos de Guga, com o tri de Roland Garros, que o tênis brasileiro não passava um momento tão especial. De forma separada, Marcelo Melo e Bruno Soares vêm se destacando nas duplas. No último fim de semana, ambos ficaram com o vice em Wimbledon, Melo ao lado de Dodig e Soares em parceria com Lisa Raymond, nas duplas mistas.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Melo e Soares comemoram vitória na Davis
Reuters
Melo e Soares comemoram vitória na Davis


Se atualmente os dois jogam separadamente, até 2011 jogavam juntos pelo mundo afora. No fim daquele ano, Soares propôs a separação da dupla. Hoje, ambos colhem os frutos.

Leia mais: Marcelo Melo e Ivan Dodig perdem de irmãos Bryan na final de duplas de Wimbledon

"Foi na época uma decisão minha. Fiz isso para jogar com pessoas diferentes e procurar evoluir certas coisas que você se acomoda quando jogo com o mesmo parceiro e acho que hoje a gente vem conseguindo ótimos resultados por aí", disse Bruno Soares ao iG, que atua ao lado do austríaco Alexander Peya no circuito. Eles têm quatro títulos no ano e são a segunda melhor dupla na temporada, atrás apenas dos irmãos Bob e Mike Bryan. 

Bruno Soares (dir.)  forma dupla com Alexander Peya no circuito
Divulgação
Bruno Soares (dir.) forma dupla com Alexander Peya no circuito

"Tem dois anos que o Bruno decidiu procurar um novo parceiro e foi bom para os dois. Estou no melhor ranking e ele também. Estamos somando bagagem pelo circuito e jogamos juntos pelo Brasil na Copa Davis", afirmou Melo.

Confira ainda: Dupla de Bruno Soares dá mole e fica com o vice nas mistas em Wimbledon

Ao lado de Dodig, Marcelo Melo ficou com o vice na grama de Wimbledon, após derrota para os irmãos Bryan. Já Soares jogou ao lado da americana Lisa Raymond e perdeu nas duplas mistas para o argentino Daniel Nestor e a francesa Kristina Mladenovic.

Se o País vive boa fase nas duplas, não tem atuações de destaque em simples. Thomaz Bellucci, número 56 do mundo, ficou parado devido à uma lesão no abdomen e perdeu grande parte da temporada de saibro, caindo no ranking da ATP. 

"A simples está numa fase de transição. Nós temos hoje o Bellucci, que é o nosso número 1. Ele é um cara de altos e baixos e é o estilo dele. Nos bons momentos, ele faz o que faz, ganha Gstaad, joga 7/5 na grama contra o Federer e é diferenciado. Está nesse ranking agora, devido à lesão, em uma fase infeliz que é a temporada de saibro, a melhor dele. O ranking dele é mentiroso", disse Bruno Soares, oitavo do ranking de duplas no circuito e praticamente classificado para o ATP Finals, realizado em Londres, no fim do ano.

Marcelo Melo e Bruno Soares atualmente jogam juntos quando representam o Brasil na Copa Davis. Recentemente, no duelo diante dos EUA, em Jacksonville, eles venceram nada menos do que os irmãos Bryan no confronto de duplas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.