Tenista suíço, número 2 do mundo, admitiu estar decepcionado com os três match-points perdidos e pela derrota diante de Berdych

Roger Federer admitiu estar decepcionado com a virada sofrida diante de Berdych
Reuters
Roger Federer admitiu estar decepcionado com a virada sofrida diante de Berdych

Depois de sofrer a virada para Tomas Berdych nas semis em Dubai, o súiço Roger Federer admitiu estar decepcionado com a derrota, principalmente por ter perdido três match-points.

Leia mais:  Berdych conquista virada sobre Federer e pega Djokovic na final em Dubai

"É decepcionante, porque o jogo estava na minha raquete. Você faz as coisas certas por tanto tempo e no final tem que explicar por que não acertou duas bolas decentemente", lamentou Federer. "É uma pena perder essa, mas Tomas fez bem em se manter no jogo", acrescentou.

O número 2 do mundo apresentou muitos altos e baixos durante a partida, mostrando superação em alguns momentos e fraqueza em outros. Apesar do resultado, Federer mantém um histórico favorável contra Berdych, com 11 vitórias e seis derrotas, mas tem um retrospecto negativo justamento nas quadras de piso sintético, o mesmo utilizado em Dubai. As seis vitórias do tcheco foram conquistadas neste tipo de piso, contra cinco do suíço.

"Claro que deixo este jogo com muitos arrependimentos. Tendo o saque para fechar, chances no começo do segundo set quando ele ainda não estava muito dentro do jogo. Poderia ter conseguido a quebra. Fico desapontado de perder desse jeito. É a terceira vez que perco match-points contra Tomas, duas vezes em simples e uma em duplas. É um daqueles jogos que você sente que deveria ter vencido, mas acaba derrotado", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.