Suíço desperdiçou match-points e sofreu a virada para o checo. Djokovic, número 1 do mundo, venceu Juan Martin Del Potro

Tomas Berdych é a nova 'pedra no sapato' de Roger Federer. Após desbancar o suíço nas quartas do Aberto dos EUA de 2013, o checo virou diante do número 2 do mundo e venceu por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 7/6 (7) e 6/4, no ATP 500 de Dubai. Na decisão do torneio, Berdych pega Novak Djokovic, líder do ranking, que venceu Juan Martin Del Potro.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Berdych comemora virada suada diante de Federer em Dubai
Reuters
Berdych comemora virada suada diante de Federer em Dubai

No primeiro set, Federer se impôs e não deu chances ao adversário. Com um bom saque, o suíço faturou uma quebra e fez 6 games a 3. Já na segunda parcial, Federer e Berdych fizeram um jogo equilibrado até o fim. No tie-break, os tenistas protagonizaram pontos espetaculares. O suíço chegou ter dois match points, mas acabou desperdiçando. O tcheco aproveitou sua chance e levou o confronto para o terceiro set.

Leia mais: Nadal derrota argentino e enfrentará Nicolas Almagro na semifinal em Acapulco

Na parcial derradeira, Berdych foi melhor e não deu chances ao suíço, atual campeão do torneio. Com uma quebra logo no início, o checo administrou a vantagem e garantiu a vaga na final com um 6/3.

Mais cedo, Novak Djokovic, número 1 do mundo, derrotou o argentino por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/6 (7/4), em 1h45 de partida. Após um primeiro set tranquilo para Djokovic, que teve um aproveitamento de 68% de aproveitamento no primeiro saque, conquistando 88% desses pontos. No início do segundo set, Del Potro complicou a vida do sérvio e chegou a fazer 3/0. No entanto, o argentino teve seu saque quebrado no sexto game e acabou permitindo a reação do líder do ranking da ATP.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.