Nadal vence, conquista o bi no Brasil Open e leva o Ibirapuera à loucura

Por Mauricio Nadal - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Tenista espanhol passou pelo argentino David Nalbandian e decretou de vez a sua volta ao circuito, após longo período parado por lesão

Divulgação/Inovafoto
O tenista espanhol Rafael Nadal devolve uma bola durante a final do Brasil Open, no Ibirapuera

O público brasileiro pôde assistir de perto e apoiar o retorno de um dos grandes tenistas da história: Rafael Nadal. Após mais se sete meses parado por lesão, o espanhol levou o Ibirapuera lotado à apoteose neste domingo, ao conquistar o bi no Brasil Open. O canhoto de 26 anos venceu o argentino David Nalbandian por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3 e ganhou de vez o carinho da torcida paulista.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Brasil Open é o primeiro título de Nadal desde o hepta em Roland Garros, em junho do ano passado. Após mais de sete meses parado, devido à uma lesão no joelho, o espanhol retornou às competições na semana passada, em Viña del Mar, no Chile. Na ocasião, o canhoto ficou com o vice em simples e duplas no torneio sul-americano.

Na primeira vez em que se sagrou campeão no Brasil, no ano de 2005, Nadal ainda era um jovem desconhecido do público. Mas naquela temporada, o espanhol de Manacor explodiu para o mundo ao vencer Roland Garros.

Veja também: Empurrado pelo Ibirapuera lotado, Soares fatura o tri nas duplas do Brasil Open

Logo no terceiro game, Nadal empolgou o público pela primeira vez com uma bela deixadinha. Mais tarde, com duas jogadas vencedoras e um erro de Nalbandian, o espanhol quebrou o saque do argentino e abriu 4 a 2. Consistente e cometendo poucos erros, Nadal teve mais uma quebra a seu favor e fechou a primeira parcial em 6/2, e levantou o Ibirapuera.

A torcida se espremia como podia para conseguir um lugarzinho no lotado e abafado Ibirapuera. Muitos tiveram de apelar para as escadas ou mesmo foram forçados a ficar de pé para acompanhar a decisão do Brasil Open.

Leia também: Goteiras, lama e poças d'água fazem parte do 'rally' da torcida no Ibirapuera

No segundo set, logo de cara o argentino conseguiu uma quebra sobre Nadal, depois do espanhol acertar um voleio na rede. Pouco depois veio um dos lances mais bonitos da partida, com direito a lobby do espanhol, bela direita de Nalbandian e recuperação de Nadal, que terminou com erro do argentino.

Após ter mais um saque quebrado pelo adversário, o heptacampeão de Roland Garros reclamou com o juiz de cadeira, o brasileiro Carlos Bernardes e com um representante da ATP sobre os flashes das câmeras vindos da arquibancada. Segundo ele, as luzes estavam atrapalhando a sua visão.

Em um dos intervalos de game, a torcida voltou as suas atenções para a chegada do ex-jogador Ronaldo e o detentor do cinturão dos médios do UFC, Anderson Silva. O apoio ilustre parece que deu mais incentivo ao espanhol, que devolveu a quebra e empatou a parcial em 3 a 3.

Embalado pela torcida brasileira, Nadal reagiu de vez, quebrou novamente o saque do argentino e encerrou o jogo e o campeonato após marcar 6 a 3 e decretar de vez a sua volta ao circuito profissional. Visivelmente emocionado, Nadal vibrou muito com a vitória e seu primeiro título depois da lesão no joelho.

Leia tudo sobre: Brasil OpenRafael NadalDavid Nalbandian

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas