Tenista argentino venceu o italiano por 2 sets a 0 e agora aguarda o vencedor do duelo entre Rafael Nadal e Martin Alund

David Nalbandian comemora ponto na semifinal do Brasil Open
Gazeta Press
David Nalbandian comemora ponto na semifinal do Brasil Open

David Nalbandian está na final do Brasil Open 2013. Em um abafado Ibirapuera, o veterano argentino venceu o italiano Simone Bolelli por 2 sets a 0, parciais de 6/3 e 7/5 e entra em quadra neste domingo, às 13h, para tentar o seu décimo segundo título da carreira.

Com a vaga na decisão do Brasil Open garantida, o veterano David Nalbandian agora aguarda pela outra semi entre Rafael Nadal e o argentino Martin Alund. Curiosamente, Rafa e Nalbandián disputaram o torneio de duplas, mas o espanhol desistiu antes do jogo de quartas, para se poupar para as partidas de simples.

Esta será a primeira final de Nalbandian depois de ser desclassificado da decisão de Queens, por chutar uma placa e machucar um juiz de linha.

A tarde de sol quente em São Paulo deixou o Ginásio do Ibirapuera abafado. E o que se podia ver nas arquibancadas eram leques, papéis e qualquer coisa que ajudasse a torcida a combater o clima.

Com o apoio maciço da torcida, o experiente argentino, talvez tentando se livrar do calor incessante do Ginásio tomou as rédeas da partida desde o início. Nalbandian atacou o saque de Bolelli, contou com erros não forçados do italiano e abriu 4 a 0 no placar, após duas quebras. O europeu até esboçou uma reação, mas o tenista número 93 do ranking fechou a parcial em 6 games a 3.

Já o segundo set foi bastante equilibrado. Os dois tenistas não aproveitaram bem os seus serviços e alternaram quebras durante a parcial. Foi quando no décimo primeiro game, Nalbandian conseguiu a quebra decisiva, arrancando a famosa ‘Ola’ da torcida brasileira, confirmou o saque e decretou a sua ida à final do Brasil Open.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.