Soares e Peya salvam dois match points, viram e estão na final de duplas em SP

Por Mauricio Nadal - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Brasileiro e austríaco sofreram e precisaram do supertiebreak para vencer o argentino Horacio Zeballos e o austríaco Oliver Marach

Divulgação/Inovafoto
O brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya se cumprimentam durante a partida desta sexta-feira

Foi suado e sofrido, mas Bruno Soares está na final de duplas do Brasil Open, em busca do tricampeonato consecutivo em São Paulo. Ele e o austríaco Alexander Peya venceram o argentino Horacio Zeballos e o austríaco Oliver Marach por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 7/6 (8) e 12/10.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Zeballos e Marach começaram melhor a partida e fecharam a primeira parcial em 6/3, após uma quebra de serviço. No segundo set, o brasileiro e o austríaco reagiram e chegaram a abrir 5 a 2 na parcial, mas levaram uma quebra e o jogo foi para o tiebreak.

Veja também: Nadal minimiza problema na quadra e culpa ATP por bolas 'ruins' no Brasil Open

A dupla adversária chegou a ter um match point, porém Soares e Peya fecharam em 10 a 8, embalados por cerca de 300 torcedores que compareceram ao Ginásio Mauro Pinheiro.

Assista ao vídeo de Bruno Soares comentando sua vitóiria no jogo desta sexta-feira:

A partida foi decidida no supertiebreak, para lá de emocionante. As duplas disputaram a vitória ponto a ponto e Zeballos e Marach fizeram 10 a 9 no placar, match point que deixou a torcida apreensiva. Com uma devolução na linha de Soares, o brasileiro e o austríaco salvaram e logo viraram para fechar a partida em 12 a 10, decretando a vaga para a final do Brasil Open.

Bellucci e Feijão perdem nas duplas e se despedem do Brasil Open

Após perderem em simples na quinta para Volandri e Nadal, respectivamente, Bellucci e Feijão foram eliminados nas quartas da disputa de duplas nesta sexta. A dupla brasileira perdeu para os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (4), e dá adeus ao torneio realizado no Ibirapuera.


Leia tudo sobre: Brasil OpenBruno SoaresAlexander Peya

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas