Em batalha de sete horas, República Tcheca bate a Suíça na Davis

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

A vitória de Lukas Rosol e Tomas Berdych diante de Stanislas Wawrinka e Marco Chiudinelli foi a partida mais longa da história da Copa Davis

Em uma maratona impressionante de sete horas dentro de quadra, a República Tcheca passou à frente da Suíça no duelo entre os países na Copa Davis, neste sábado. A partida em Genebra durou 7h01min até Tomas Berdych e Lukas Rosol selarem o triunfo sobre Stanislas Wawrinka e Marco Chiudinelli por 3 sets a 2, com parciais de 6/4, 5/7, 6/4, 6/7 (3-7) e 24/22.

Reuters
Lukas Rosol (à esq.) e Tomas Berdych (à dir.) venceram o jogo mais longo da história da Davis


A partida, em que Berdych e Rosol precisaram de 13 match points para vencer, foi a mais longa da história da Copa Davis, disputada desde 1900, superando o embate entre John McEnroe e Mats Wilander, que jogaram por 6h22min no embate entre Estados Unidos e Suécia de 1982.

O resultado da partida de duplas deixa a República Tcheca, atual campeã da Copa Davis, com 2 a 1 sobre a Suíça no confronto disputado em Genebra. O duelo será decidido neste domingo, quando Wawrinka enfrenta Berdych e Rosol tem pela frente Henri Laaksonen.

Já a Argentina garantiu com um dia de antecedência sua vaga nas quartas de final da Copa Davis. Neste sábado, a dupla do país formada por David Nalbandian e Horacia Zeballos derrotou Christopher Kas e Tobias Kamke, da Alemanha, por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/4, 5/7 e 6/2, e fechou o confronto por 3 a 0.

A vaga na próxima fase da competição em países ficou perto para a Argentina depois das duas vitórias nos jogos de simples de sexta-feira. Carlos Berlocq superou Phillipp Kohslchreiber, por desistência, e Juan Monaco derrotou Florian Mayer, de virada, na abertura do duelo em Buenos Aires.

Nas quartas de final da Copa Davis, a Argentina terá pela frente a França, que também já garantiu sua classificação ao derrotar Israel por 3 a 0. Os países se enfrentaram pela última vez na semifinal da edição de 2010 da competição, em que os europeus venceram por 5 a 0.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas