Número 1 do mundo é o primeiro tenista a conseguir o feito na chamada "Era Aberta" do tênis

Novak Djokovic é o dono do título do Aberto da Austrália e entra para história. O sérvio bateu o britânico Andy Murray de virada neste domingo por 3 a 1, com parciais de 6/7 (2/7), 7/6 (7/3), 6/3 e 6/2, em 3h40min de partida, e se tornou o primeiro tricampeão consecutivo do torneio na Era Aberta. Esse é o quarto troféu do número um do mundo conquistado na quadra em Melbourne. 

L eia mais: Djokovic exalta inédito tri consecutivo, distribui chocolates e elogia Agassi

Além de Djokovic, os australianos Jack Crawford (1931-1933) e Roy Emerson (1963-1967) conseguiram três títulos, mas antes de 1968, quando começou a era moderna do tênis mundial. Roger Federe, que neste ano caiu na semifinal, tentou o feito de ser tri em 2008, depois de venceu 2006 e 2007, mas perdeu justamente para Djokovic. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Djokovic pula para marcar o ponto
Getty Images
Djokovic pula para marcar o ponto

Djokovic já soma 21 vitórias seguidas no Grand Slam australiano e desempatou a disputa em finais com Andy Murray. Foi diante dele que o sérvio faturou o Aberto da Austrália de 2011, porém perdeu para o britânico a decisão do Aberto dos Estados Unidos no ano passado. Agora, Djokovic coloca um título de vantagem. 

Leia mais: De virada, Azarenka vence Na Li e fatura o bi no Aberto da Austrália

Eficiente na manhã deste domingo, Djokovic teve sucesso em 35 de 41 subidas à rede. Ele aproveitou apenas três das 11 chances para quebrar o saque do rival, mas não teve seu serviçorompido durante todo o jogo. O sérvio cometeu mais erros não forçados (61 a 46), porém foi superior nos winners (47 a 29).

Com apenas 25 anos, Djokovic contabiliza um total de 35 títulos, entre eles seis Grand Slams – além do tetra na Austrália, foi campeão no Aberto dos Estados-2011 e em Wimbledon-2011. Já Andy Murray conheceu seu 14º vice-campeonato, o quinto em Majors.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.