Djokovic ignora cansaço, derrota Berdych e vai à semifinal contra David Ferrer

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Dois dias depois de batalha de cinco horas, número 1 esbanja boa forma e vence mais uma

Getty Images
Djokovic se estica todo em lance da partida contra Berdych, em Melbourne

O tenista número 1 do mundo ignorou o cansaço das cinco horas de batalha contra o suíço Stanislas Wawrinka no domingo e avançou no Aberto da Austrália. O sérvio Novak Djokovic  voltou à quadra principal de Melbourne e esbanjou boa forma na vitória sobre o checo Tomas Berdych por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6, 6/1 e 6/4. Nas semifinais o líder do ranking da ATP enfrenta o espanhol David Ferrer, quinta-feira.

Leia também: Após perder dois sets, Ferrer vira sobre Almagro e vai à semifinal na Austrália

O confronto desta terça-feira válido pelo primeiro Grand Slam do ano foi o 13º entre Djokovic e Berdych, com 12 vitórias do sérvio. Contra Ferrer, Djokovic também leva vantagem.  Em 14 duelos, o sérvio venceu nove.

E mais: Bellucci e Paire caem nas quartas de duplas e dão adeus ao Aberto da Austrália

O desgaste do jogo das oitavas de final contra Wawrinka foi logo esquecido no primeiro set contra Berdych: vitória por 6/1 sem sustos. O checo recuperou-se no segundo set e com uma postura mais agressiva comandou as ações. Com uma quebra no primeiro game do set, Berdych confirmou seus saques até o fim do set e com um 6/4 empatou o duelo.

O esforço de Berdych foi em vão, contudo. Nos sets seguintes ele parou na disposição física de Djokovic, que defendeu os ataques do rival com muito empenho. Assim, com um forte saque e uma defesa muito eficiente, venceu as parciais seguintes por 6/1 e 6/4 sem atropelos.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas