Bellucci vence de virada nas duplas e vai às quartas de final pela primeira vez

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Brasileiro, que atua ao lado do francês Benoit Paire no Aberto da Austrália, nunca havia chegado tão longe em um torneio de Grand Slam

Getty Images
Bellucci, que caiu logo na estreia no simples, já está nas quartas de final nas duplas na Austrália

Brasileiro Thomaz Bellucci e o francês Benoit Paire seguem surpreendendo no torneio de duplas do Aberto da Austrália. Neste domingo, depois de 2h40min de confronto, eles viraram para cima dos favoritos Aisam-Ul-Haq-Qureshi, do Paquistão, e Jean-Julien Rojer, da Holanda, cabeças de chave 6, e venceram por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5-7), 6/3 e 7/6 (7-5). Com resultado, Bellucci e Paire estão nas quartas de final. É a primeira vez que o brasileiro chega a essa fase de um Grand Slam. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores

"Foi um jogo duríssimo. No primeiro set não conseguimos criar muitas chances. Depois, no segundo set, começamos bem melhor e fomos superiores. O terceiro set foi muito equilibrado, perdemos uma chance de fechar no 6/5, mas mantivemos a calma para fechar no tiebreak", analisou o brasileiro. 

Leia ainda: Ferrer e Sharapova arrasam e avançam às quartas no Aberto da Austrália

Especialistas em simples, Bellucci e Paire se juntaram para jogar o Aberto da Austrália. Ambos foram eliminados em suas estreias na chave principal do Grand Slam australiano, mas já ostentam desempenho surpreendente jogando duplas.

Na primeira rodada, passaram pelo argentino Carlos Berlocq e pelo norte-americano James Cerretani com facilidade. A vida simples acabou aí. Na sequência, eles tiveram os cabeças de chave 9, o mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya, e não se intimidaram. Venceram e chegaram as oitavas, batendo a dupla do paquistanês e do holandês nesta madrugada. 

Thomaz Bellucci e Benoit Paire seguem com caminho complicado no Aberto da Austrália. O próximo desafio é contra outros favoritos ao título: os espanhóis Marcelo Granollers e Marc López, cabeças de chave 3 em Melbourne e campeões do ATP Finals de Londres.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas