Djokovic celebra retorno à liderança do ranking da ATP

Com a desistência de Roger Federer de disputar o Masters 1000 de Paris, sérvio voltará à primeira posição

Gazeta |

Getty Images
Djokovic voltará a liderar o ranking

Antes mesmo de estrear no Masters 1000 de Paris, o sérvio Novak Djokovic já tem motivos para comemorar. Com a desistência do suíço Roger Federer de disputar o torneio, ele retomará a primeira colocação do ranking mundial de tênis, posto que ocupará até o fim da temporada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É muito satisfatório e é claro que estou muito feliz de poder acabar a temporada como número 1. Obviamente isso é um indicativo de como o ano foi bom para mim", disse Djokovic, que teve que defender muitos pontos após uma campanha praticamente perfeita em 2011. "Ganhar um Grand Slam este ano, cinco títulos até agora e ter resultados muito consistentes me ajudaram a chegar nesta posição", completou.

Leia mais sobre tênis no blog do Paulo Cleto

De acordo com a imprensa francesa, Djokovic passou mal antes de um treino nesta segunda-feira em Paris, mas o sérvio garantiu que jogará com o máximo esforço e que seu foco está em fazer boa campanha no Masters 1000 francês e depois no ATP Finals de Londres.

"Estou muito orgulhoso dessas conquistas, foi um ano muito bom, mas ainda não acabou. Há dois torneios muitos importantes e quero focar nesses campeonatos da melhor maneira possível", afirmou.

Em 2011, Djokovic abandonou o Masters 1000 de Paris depois de uma temporada exaustiva. Ele enfrentaria o francês Jo-Wilfried Tsonga nas quartas de final, mas nem chegou a entrar em quadra por conta de uma lesão no ombro. No ATP Finals, ele perdeu duas partidas na fase de grupos e foi eliminado.

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: DjokovicRanking ATP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG