De virada, Marcelo Melo e Bruno Soares conquistam título na Suécia

Brasileiros venceram a dupla Robert Lindstedt, da Suécia, e Nenad Zimonjic, da Sérvia, por 2 sets a 1 neste domingo

Gazeta |

AFP
Bruno Soares conversa com Marcelo Melo na final do ATP 250 de Estocolmo, na Suécia

Os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares conquistaram na manhã deste domingo o quarto título do circuito jogando juntos. Na final do torneio de duplas do ATP 250 de Estocolmo, a parceria brasileira venceu os parceiros Robert Lindstedt, da Suécia, e Nenad Zimonjic, da Sérvia, por 2 sets a 1, com parciais de 6(4)/7, 7/5 e 10-6.

Deixe seu recado e comente com outros leitores

Os brasileiros sofreram no início da partida e deixaram os adversários abrirem uma boa vantagem no placar, no entanto, conseguiram se recuperar ainda no primeiro set e levá-lo para o tie-break, que acabou sendo vencido por Lindstedt/Zimonjic.

Leia ainda:  Caroline Wozniacki vence Stosur e conquista WTA de Moscou

O segundo set foi bastante disputado, mas, animados com a reação no início do jogo, os brasileiros conseguiram se impor em quadra e fechar por 7/5, obrigando a partida a ser decidida no super tie-break. Com relativa tranquilidade, Melo/Soares venceram a terceira etapa e garantiram o título. Parceiros fixos nas últimas duas temporadas, Bruno Soares e Marcelo Melo foram vice-campeões em Estocolmo em 2011. Neste ano, eles participaram de diversas provas do circuito com outros parceiros, mas atuaram juntos na disputa da Copa Davis contra a Rússia, quando ajudaram o Brasil a voltar à elite do tênis mundial.

No pódio, após a conquista do torneio neste domingo, Soares garantiu que voltará à capital sueca nas próximas temporadas para disputar a competição, pela qual ele tem um carinho especial. Além das finais disputadas ao lado de Melo, ele também levantou a taça em 2009, atuando ao lado do zimbabuano Kevin Ullyett.

AFP
Bruno Soares e Marcelo Melo com o troféu do ATP 250 de Estocolmo


    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG