Murray volta a superar Federer e está na final em Xangai

Tenista britânico repete desempenho de triunfo nos Jogos de Londres, elimina suíço e decide o título do Masters 1000 contra Novak Djokovic

Gazeta |

AP
Andy Murray rebate a bola durante vitória sobre Roger Federer em Xangai

Em sua melhor temporada na carreira, o britânico Andy Murray voltou a vencer o suíço Roger Federer, sua vítima na decisão dos Jogos Olímpicos de Londres-2012, e avançou à final do Masters 1000 de Xangai após vencer o número dois do mundo por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/4. Murray encara agora o sérvio Novak Djokovic na grande decisão do torneio chinês.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

O britânico deu mostras de como se portaria durante a partida logo no primeiro game, quando foi bem nas devoluções para quebrar o saque de Federer. O suíço, no entanto, respondeu na sequência, devolvendo a quebra e empatando a partida em 1/1.

Murray, porém, voltaria a quebrar o número dois do mundo no quinto game, confirmando o saque em seguida para abrir 4/2. Com vantagem de dois games no placar, o britânico apenas administrou o restante da parcial, sacando bem para evitar a devolução de Federer e fechando o set em 6/4.

O segundo set teve panorama semelhante. Após longo primeiro game, confirmado por Federer após 18 minutos e sete chances de quebra desperdiçadas por Murray, o britânico voltou a conseguir o break no quinto game, novamente abrindo 4/2 na sequência.

Leia também: Djokovic bate freguês Berdych e está na final em Xangai

Sacando muito bem e contando com noite pouco inspirada de Roger Federer, Murray manteve a regularidade mostrada durante toda a partida e confirmou a vitória. Nem mesmo a paralisação da partida por 29 minutos por conta da chuva que obrigou os organizadores do torneio a fecharem o teto retrátil da quadra central de Xangai atrapalharam o britânico, que voltou dos vestiários para sacar em 5/4 e confirmar o serviço com tranquilidade.

A decisão do Masters 1000 de Xangai, disputada entre Andy Murray e Novak Djokovic, será disputada às 5h30 (de Brasília) deste domingo. O britânico tenta o terceiro título seguido dá competição. Já o número um do mundo jogará a sua primeira final no torneio chinês.

AP
Roger Federer lamenta ponto perdido durante a derrota para Andy Murray em Xangai

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Masters 1000XangaiAndy MurrayRoger Federer

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG