Sérvio venceu em sets diretos e alcançou o décimo triunfo em 11 jogos contra o adversário, pela semifinal do Masters 1000 de Xangai

O sérvio Novak Djokovic ampliou seu já favorável retrospecto contra o tcheco Tomas Berdych e garantiu vaga na decisão do Masters 1000 de Xangai. O tenista de Belgrado venceu o duelo na manhã deste sábado sem sustos, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h26min.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Djokovic está na final do Masters 1000 de Xangai
Getty Images
Djokovic está na final do Masters 1000 de Xangai

Horas depois, saiu o adversário de Djokovic na decisão do Masters asiático. Trata-se do britânico Andy Murray, que venceu o suíço Roger Federer na outra semifinal.

O jogo em Xangai foi o 11º entre Djokovic e Berdych pelo circuito profissional. Destes, o sérvio venceu dez. A única vitória do tenista tcheco ocorreu na semifinal de Wimbledon de 2010, em que ele triunfou por 3 sets a 0 e chegou à decisão, em que caiu para o espanhol Rafael Nadal.

Leia mais: Evento de Federer no Brasil terá novo lote de ingressos

Djokovic não deu chances para seu adversário neste sábado. Com uma postura firme já no início do jogo, ele rapidamente abriu 5/1 no primeiro set de partida. Berdych chegou a esboçar uma reação, mas o sérvio soube reassumir o controle das ações e fechou a parcial.

Veja ainda: Rogerinho perde para espanhol nas quartas de final em San Juan

No segundo set, Berdych chamou mais a atenção pelas reclamações com o árbitro de cadeira do que pelo desempenho em quadra. Alheio às queixas do tcheco, Djokovic soube aproveitar as oportunidades e garantiu a vitória.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.