Brasileiro conquistou seu segundo título consecutivo formando dupla com o austríaco Alexander Peya

Ao lado do austríaco Alexandre Peya, o brasileiro Bruno Soares conquistou na madrugada deste domingo o título do ATP 500 de Tóquio. Este é o segundo troféu consecutivo da parceria, já que na última semana a dupla já havia vencido o ATP 250 de Kuala Lampur, na Malásia.

No Japão, o confronto da final aconteceu contra os favoritos à conquista do torneio de duplas, o tcheco Radek Stepanek e o indiano Leander Paer, que foram superados por 2 sets a 0, parciais de 6/3 7/6 (7-5).

LEIA:  Soares e Peya vencem favoritos e conquistam o ATP 500 de Tóquio

"Jogamos mais uma vez muito bem, com poucos erros e muita agressividade, devolvendo muito bem, isso permitiu à gente quebrar o serviço deles muitas vezes, e isso fez a diferença", declarou o brasileiro.

Apesar da felicidade pelas conquistas consecutivas, Bruno acredita que os dois torneiros disputados na última semana, na Malásia e no Japão, serviram de preparação para um objetivo maior: o Masters 1000 de Xangai, que começa nesta semana.

"Estamos confiantes e jogando muito bem, preparados como nunca para enfrentar um Masters 1000 duríssimo em Xangai, vamos ter que continuar jogando o nosso melhor e manter o embalo. Não poderia haver preparação melhor", disse.

A parceria de Bruno com o tenista austríaco teve início nesta temporada, depois de o brasileiro competir nos últimos dois anos ao lado do compatriota Marcelo Melo.

"Nossa parceria teve um começo muito positivo, isso nos dá força e motivação para continuar e acreditar que podemos conquistar coisas grandes. Vamos em busca dos Masters 1000 e dos Grand Slams", avaliou.

Com a conquista dos ATPs de Tóquio e de Kuala Lampur, Bruno Soares repetiu seu feito de 2011, quando, ao lado de Melo, conquistou os títulos consecutivos em Santiago, no Chile, e na Costa do Sauípe, na Bahia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.