Tamanho do texto

Time europeu será formado por Alex Bogomolov Jr. e Teymuraz Gabshvili, escalado no lugar do jovem Stanislav Vovk de apenas 21 anos de idade

A equipe da Rússia da Copa Davis anunciou uma alteração na dupla que enfrenta o Brasil neste sábado nos playoffs da competição. Como já era esperado pelos próprios atletas nacionais, Marcelo Melo e Bruno Soares, o time europeu será formado por Alex Bogomolov Jr. e Teymuraz Gabshvili, escalado no lugar do jovem Stanislav Vovk de apenas 21 anos de idade.

Acredita no Brasil contra a Rússia na Davis? Deixe seu comentário

Na Copa Davis, os capitães definem a escalação de seus times já na quinta-feira, um dia antes do início dos duelos, mas podem realizar substituições até uma hora antes das partidas. O comandante da Rússia, Shamil Tarpischev, havia indicado Vovk como companheiro de Bogomolov apenas para tentar confundir os brasileiros.

Apesar da mudança no time da Rússia, Marcelo Melo e Bruno Soares ainda são amplamente favoritos no jogo desta tarde em São José do Rio Preto. Ambos estão entre os 25 melhores jogadores do ranking mundial de duplas e nunca perderam atuando juntos em casa na Copa Davis. Se adicionarem mais um triunfo ao retrospecto, os mineiros fazem história e recolocam o Brasil no Grupo Mundial da Copa Davis, após nove anos de ausência. O País já tem 2 a 0 no confronto e precisa de apenas mais um ponto para vencer.

A equipe nacional esteve na elite do tênis pela última vez em 2003, quando ainda contava com Gustavo Kuerten entre seus representantes. Nos últimos seis anos, o Brasil perdeu nos playoffs de forma consecutiva para Rússia, Índia, Equador, Croácia, Áustria e Suécia.