Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google

ATP ameniza regra de punição de tempo no saque e testará o fim do 'let' em 2013

Associação dos Tenistas Profissionais dará mais uma chance para o atleta que demorar para sacar e deixará o jogo continuar após a bolinha bater na rede

iG São Paulo * |

Uma série de reuniões da Associação dos Tenistas Profissionais em Nova York decidiu pela mudança de pena para aqueles que violarem o tempo de saque permitido a partir de 2013. A entidade também anunciou que na próxima temporada fará testes para acabar com o let.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

AP
ATP testará o fim do let em 2013

Nos torneios ATP e Challengers do próximo ano, o tenista continuará tendo apenas 25 segundos para se preparar entre as disputas de ponto, mas a forma de punição será diferente. Atualmente, em caso de extrapolação de tempo, o atleta é primeiramente advertido e em seguida perde um ponto. A partir de 2013, o sacador terá mais uma chance e na segunda vez que violar a regra receberá apenas uma falta. Já o recebedor continua sendo punido com perda de um ponto em seu segundo erro.

Leia mais:  Murray bate Djokovic, fatura 1º Grand Slam da carreira e encerra jejum britânico

"Há muita discussão sobre o tempo que tem sido tomado entre os pontos. Acreditamos que esta modificação dará aos árbitros uma ferramenta útil e permitirá uma execução mais consistente da regra da violação de tempo", explicou Brad Drewett, diretor-executivo e presidente da ATP.

Confira ainda:  Ingressos para o “Federer Tour” começam a ser vendidos nesta quinta

A outra mudança ocorrerá em caráter experimental nos primeiros três meses de 2013, em torneios Challenger, e consiste na extinção do let. Assim, em vez de ser considerado uma falta, quando a bola raspar na rede e cair no lado adversário o ponto seguirá.

"Essa mudança não mudará materialmente a duração dos jogos, acreditamos que dará impacto positivo no jogo. Ainda não estamos certos de eliminar o let no saque, mas acreditamos que o teste será uma boa iniciativa para ver como funciona com os jogadores e o público em competições e depois pegar o retorno deles", opinou Drewett.

Leia tudo sobre: atpletbrad drewett

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG