Tamanho do texto

Belga se aposenta com um título do Aberto da Austrália e três no Aberto dos Estados Unidos

A belga Kim Clijsters se aposentou oficialmente do tênis profissional na noite de sábado, na quadra 17 do complexo de Flushing Meadows , ao ser eliminada, junto com o americano Bob Bryan, do torneio de duplas mistas do Aberto dos Estados Unidos.

Deixe sua mensagem de despedida para a belga Kim Clijsters

Clijsters agora vai se dedicar somente ao seu filho
Getty Images
Clijsters agora vai se dedicar somente ao seu filho

Clijsters e Bryan perderam por 2 sets a 1 (6/2, 3/6 e 12/10) para a dupla formada pelo brasileiro Bruno Soares e a russa Ekaterina Makarova. A ex-número um do mundo, que havia sido derrotada na 2ª rodada da chave de simples e na 1ª na de duplas femininas, deu adeus ao tênis com um largo sorriso aos torcedores que lotaram as arquibancadas da quadra e que até o final a viram mostrar seu estilo aguerrido.

VEJA:  Serena derrota russa com "pneu" e vai às oitavas do Aberto dos EUA

Na entrevista coletiva após à partida, Clijsters reiterou a felicidade que sentia por ter podido se despedir dos torcedores nova-iorquinos e do Aberto dos EUA - torneio da qual é tricampeã - ter sido o palco "ideal" para sua aposentadoria. "Não poderia ter pedido uma melhor maneira de encerrar minha carreira aqui", destacou Clijsters. "Agora espero que Bob e Mike possam ganhar o título de duplas (masculinas)", afirmou.

MAIS:  Musa Ivanovic supera torcida contra e vai às oitavas de final do Aberto dos EUA

A belga, de 29 anos, que também venceu o Aberto da Austrália na carreira, disse que o mais importante de tudo era receber o carinho e o respeito que tanto os tenistas profissionais como o público lhe deram. "É simplesmente excepcional, único, algo que não se pode explicar, quando em um momento tão especial como a despedida de uma profissão que foi tudo em sua vida você se dá conta de que o esforço realizado valeu a pena", ressaltou.