Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google

Árbitra de tênis dos EUA é acusada de matar o marido com caneca

Lois Ann Goodman, de 70 anos, foi detida em Los Angeles após a morte de Alan Goodman

Reuters |

Reuters

Reprodução/NBC
Lois Ann Goodman foi acusada de matar o marido com uma caneca de café

Uma conhecida árbitra de tênis, escalada para trabalhar na próxima edição do Aberto dos EUA, foi presa na terça-feira sob a acusação de ter matado seu marido com uma caneca de café.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Lois Ann Goodman, de 70 anos, foi detida em cumprimento de mandado expedido há uma semana pela promotoria do condado de Los Angeles, relativa à morte, em 17 de abril, de Alan Goodman, de 80 anos.

Leia mais:  Sharapova brinca na TV e lança revista antes de Aberto dos EUA

A promotoria disse que Goodman deve permanecer detida em Nova York enquanto aguarda transferência para Los Angeles, onde pode ser condenada a prisão perpétua. Promotores disseram que vão solicitar que sua fiança seja estabelecida em 1 milhão de dólares.

Confira ainda:  Aberto dos EUA confirma Federer como 1º cabeça de chave

O crime teria acontecido na casa do casal, no bairro de Woodland Hills, em Los Angeles. A acusada é amplamente conhecida no mundo do tênis, e seria árbitra no Aberto dos EUA, que começa na segunda-feira em Nova York.

Leia tudo sobre: lois ann goodmanus open 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG