Publicidade
Publicidade - Super banner
Tênis
enhanced by Google
 

Rogerinho salva duplas brasileiras no torneio de Hamburgo

Ao lado do espanhol Daniel Muñoz de la Nava, tenista venceu e segue vivo na competição. André Sá e Bruno Soares perderam

Gazeta |

Três duplas com tenistas brasileiros entraram em quadra nesta quarta-feira no torneio de Hamburgo, mas apenas uma segue viva no torneio. Justamente a mais inesperada. Rogério Dutra da Silva, o Rogerinho, e o espanhol Daniel Muñoz de la Nava venceram o alemão Philipp Kohlschreiber e o polonês Mariusz Fyrstenberg, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Já André Sá e o britânico Jamie Murray, irmão de Andy Murray, caíram diante dos espanhóis David Marrero e Fernando Verdasco, com 6/4, 5/7 e 10-7 a favor da parceria europeia. Bruno Soares e o alemão Alexander Waske foram derrotados pelos indianos Rohan Bopanna e Mahesh Bhupathi, favoritos ao título, com 6/3 e 7/6 (7-4).

Leia mais sobre tênis no blog do Paulo Cleto

Rogerinho era o principal favorito do qualifying da chave de simples do ATP 500 de Hamburgo, mas foi derrotado na última rodada do torneio classificatório justamente pelo espanhol Daniel Muñoz de la Nava.

Veja também: Bellucci e Melo vencem e vão às semifinais em duplas de Gstaad

Os dois resolveram se juntar para formar uma dupla e têm chance de avançar às semifinais na Alemanha. Para isso, precisam derrotar os holandeses Robin Haase e Jean-Julien Rojer, algozes dos argentinos Eduardo Schwank e Juan Monaco.

Leia tudo sobre: rogerinhobruno soaresandre satorneio de hamburgo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG